Polícia Civil indicia associação criminosa voltada à prática da farra do boi

A Polícia Civil concluiu esta semana um inquérito policial que apurou a prática da farra do boi desde 2020. Foi identificada uma associação criminosa voltada à prática de crimes ambientais, não só em Bombinhas, mas em toda região, incluindo Porto Belo, Tijucas e Governador Celso Ramos. A ação é da Delegacia de Polícia de Bombinhas, litoral Norte de Santa Catarina.

Foram identificados na investigação o responsável pelo fornecimento dos animais em Tijucas, o responsável em São José, na Grande Florianópolis, pelos transportes dos animais e um organizador da farra do boi em Bombinhas. Além destes, também diversas pessoas que financiam ou participam da farra propriamente dita.

Indiciamentos

Os investigados foram indiciados, além do crime de maus-tratos, também por associação criminosa, receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.

Segundo o Delegado de Polícia Ricardo Melo, tal prática constitui crime, infração administrativa com pena de multa de até R$ 10.000,00 e, em caso de reiteração, poderá ser representado à Justiça pela prisão preventiva dos envolvidos.

Policia Civil SC

ÚLTIMAS NOTÍCIAS