Polícia Civil desarticula quadrilha responsável por montar esquema para furtar caminhões em SC e no Paraná

Nesta quinta-feira (26), a Polícia Civil cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão para desarticular esquema criminoso que constituía empresas de fachada, com documentos falsos, para subtrair caminhões, máquinas e equipamentos. A investigação é da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC).

As investigações começaram a partir do conhecimento de que referidas pessoas, com documentos falsos, montaram uma empresa de segurança veicular no bairro Forquilhinhas, em São José, na Grande Florianópolis, para instalar rastreadores em caminhões e durante um só evento subtraiu 03 cavalos mecânicos.

No caso, os proprietários tinham que deixar os veículos sob pretexto da instalação de rastreadores, e no dia seguinte, ao retornarem para buscá-los, perceberam que os mesmos haviam sido subtraídos e a empresa desaparecido.

Da mesma forma, constituíram transportadoras e madeireiras de fachada em Itajaí, Navegantes e São José dos Pinhais (Paraná) e, sob pretexto de instalar rastreadores e plotarem os caminhões com a logomarca, faziam com que os proprietários deixassem os caminhões na suposta empresa de um dia para o outro a fim de que o serviço fosse realizado.

Do que já foi apurado, foram subtraídos nesse esquema criminoso aproximadamente 15 caminhões, empilhadeiras, entre outros equipamentos. Destes, em razão das investigações, dois foram recuperados em Foz do Iguaçu (Paraná) já adulterados e transportando cigarros.

O esquema tinha núcleo composto por pai, filho e tio, responsáveis pela montagem das supostas empresas e destinação dos bens subtraídos. Na manhã desta quinta-feira, durante o cumprimento dos mandados, foram apreendidos diversos documentos falsos em poder de um dos envolvidos e outros objetos relacionados com os crimes.

Dois deles foram presos em Penha e diligências continuam sendo realizadas para cumprimento do mandado de prisão expedido contra o terceiro envolvido e na recuperação de bens. Houve apoio nas informações pela DPCO Navegantes, apoio dos alunos policiais da Acadepol durante o cumprimento dos mandados e da Delegacia de Repressão ao Crimes de informática da DEIC/PCSC durante as investigações.

Policia Civil SC

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS