Polícia Civil desarticula quadrilha especializada em golpe da “tela aberta” e faz prisões

A Polícia Civil, por meio da 1ª Delegacia de Polícia da Capital, cumpriu dois mandados de prisão preventiva nesta sexta-feira (27) contra integrantes de uma quadrilha especializada no chamado golpe da “tela aberta”. Em menos de uma semana, os criminosos atuaram em 10 municípios catarinenses, em 29 agências bancárias, fazendo 7 vítimas. Os dois homens responsáveis pela aplicação do golpe foram presos preventivamente em Jaraguá do Sul.

Os presos integram uma quadrilha responsável pela prática de golpes em todo o Brasil e são investigados pela prática dos crimes de furto mediante fraude, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

No golpe da “tela aberta”, o golpista oferece ajuda no autoatendimento da agência bancária e, com o auxílio de um comparsa e engenharia social bem elaborada, obtém a confiança da vítima para acompanhar a liberação da tela, observando a senha utilizada.

Em seguida, desvia o cliente para outro terminal, permitindo que o segundo criminoso se utilize da operação iniciada para realizar transferências de valores para outras contas. Para a variação da modalidade do golpe, os golpistas ainda aplicam pequenos adesivos no leitor biométrico do terminal de autoatendimento para que a vítima não conseguisse concluir a sua operação bancária na primeira tentativa.

A investigação contou com o apoio da Delegacia de Polícia da Comarca de Santo Amaro da Imperatriz e da Delegacia de Polícia da Comarca de Jaraguá do Sul.

Policia Civil SC

ÚLTIMAS NOTÍCIAS