Polícia Civil de Santa Catarina participa da Operação Magna Ópera da PC do Rio Grande do Sul contra organização criminosa

Publicado em 19 de maio de 2020

Policiais civis da Delegacia de Roubos e Antissequestro (DRAS) e da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC) participaram na manhã desta terça-feira (19) da Operação Magna Ópera, desencadeada pela Polícia Civil do Rio Grande do Sul no cumprimento de 60 mandados de buscas.

Em Santa Catarina, foram cumpridos três mandados de buscas: dois em Itapema e um em Balneário Camboriú. A ação desarticulou uma organização criminosa do Estado vizinho, responsável por tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

Mais de 200 policiais civis dos dois Estados participaram da operação, que tem como objetivo principal o cumprimento de mandados de busca, indisponibilidade de bens imóveis, veículos e ativos financeiros espalhados em Santa Catarina e Rio Grande do Sul pertencente a uma organização criminosa. Segundo a investigação, o bando agia através de uma rede de operadores financeiros, empresas e “laranjas”.

As investigações duraram dois anos e alcançaram 138 quebras de sigilos bancários e fiscais, bloqueando contas bancárias de 41 investigados, além do sequestro de 29 imóveis e 23 veículos, sendo que o grupo agia há quase trinta anos no tráfico de drogas e de armas, inclusive internacional, via Paraguai, Argentina e Uruguai.

Em Santa Catarina, três apartamentos de alto padrão foram alvos das buscas, sendo identificado e apreendido ainda, no momento da busca, um automóvel Mustang GT, avaliado em mais de R$ 100 mil.

O nome da Operação (Magna Ópera) é uma alusão à “grande obra”, em latim. Somando as ordens judiciais deferidas em decorrência das duas investigações já comentadas, a operação de hoje deu cumprimento a 341 medidas, dentre elas 138 quebras de sigilos bancário, fiscais e bursátil; 60 mandados de buscas, bloqueio de contas bancárias de 41 investigados, indisponibilidade de 29 bens imóveis e 23 veículos. O total de bens indisponibilizados nesta terça-feira chega a R$ 16.129.327,00.

WhatsApp Image 2020 05 19 at 11.03.19

(Com informações da Polícia Civil do Rio Grande do Sul).

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

NOTÍCIAS RELACIONADAS

FAÇA SUA PESQUISA