Polícia Civil conclui inquérito de latrocínio de taxista em Morro da Fumaça

A Polícia Civil concluiu o inquérito policial que investigava o latrocínio de um taxista de 67 anos, em Morro da Fumaça, Sul do Estado.

Duas pessoas foram presas, um homem de 21 anos e outro de 32 anos. O inquérito policial foi remetido ao Poder Judiciário. As investigações contaram com o apoio do Instituto Geral de Perícias (IGP). O taxista foi encontrado morto no dia 31 de março na Linha Cabral, em Morro da Fumaça.

O crime começou a ser investigado pela Polícia Civil após denúncia feito pelo filho da vítima. No mesmo dia, os policiais encontraram o veículo da vítima, um Toyota Corolla, com diversos objetos, inclusive dois telefones celulares.

O corpo foi encontrado na sequência com lesões na cabeça. A perícia apurou que o taxista foi morto com um mata-leão enquanto dirigia. Os suspeitos fizeram três corridas com o taxista para pegar drogas e usar em um motel.

A Polícia Civil vai ouvir em depoimento o segundo suspeito e concluir o inquérito policial. Ele já teve a prisão temporária decretada pela Justiça. Já o primeiro suspeito teve a prisão temporária convertida para preventiva. Os dois aguardam manifestação da Justiça na Penitenciária Sul.

Policia Civil SC

ÚLTIMAS NOTÍCIAS