Polícia civil conclui inquérito da operação “Tarja Preta”

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Araquari e Balneário Barra do Sul, concluiu a investigação que apurava a venda de medicamentos controlados e anabolizantes sem receita ou com receitas falsas. A investigação durou cinco meses.

O trabalho foi dividido em duas fases por meio da operação batizada de “Tarja Preta”, que identificou oito pessoas que participavam de um esquema para falsificação de receitas médicas e posterior aquisição de medicamentos controlados e anabolizantes.

Durante a investigação, seis pessoas foram presas e duas se encontram foragidas. Uma delas se apresentou na Delegacia de Polícia após ter pedidos de liberdade negados pelo Judiciário. Foi interrogado e encaminhado para a Unidade Prisional Avançada de São Francisco – UPA.

Dentre os indiciados, foram identificados proprietário de farmácia, proprietário de academias, educador físico, farmacêutico e nutricionista. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão e apreendidos celulares, uma arma de fogo, drogas, anabolizantes e medicamentos controlados e cerca de 290 receitas médicas falsas. Os envolvidos atuavam na região de Araquari e Joinville. Com a conclusão do inquérito, os autos foram enviados ao Judiciário. Agora, haverá a análise do Ministério Público, que decidirá se oferece ou não denúncia contra os indiciados.

Policia Civil SC

ÚLTIMAS NOTÍCIAS