O 9º Batalhão da Polícia Militar de Criciúma faz um alerta sobre um golpe, por telefone, que vem sendo registrado em nome da corporação.

A PM informa que, em hipótese alguma, policiais militares farão contato telefônico com a comunidade solicitando apoio financeiro, seja para própria ou outra instituição, entidades, ONG’s, etc.

Nesta semana, circularam notícias de que pessoas estavam recebendo ligações nas quais o interlocutor identificava-se como militar (sargento, soldado, capitão, etc) da PMSC e solicitava a doação de valores para instituição, em decorrência da pandemia da Covid-19.

A Polícia Militar ressalta que está preparada para o enfrentamento ao novo coronavírus e que os apoios financeiros necessários para aquisição de materiais de higiene pessoal, máscaras, desinfetantes, ou mesmo álcool 70%, foram e estão sendo obtidos, seja através de recursos do próprio Estado, ou mesmo de parcerias realizadas formalmente, entre o comando das unidades e instituições ou empresas parceiras e jamais sendo através de contato telefônico.

“Fique atento. Não caia em armadilhas, golpes de pessoas oportunistas. Em situações como esta faça o devido registro de ocorrência policial, utilizando-se dos canais virtuais da Polícia Civil, entrando em contato com o 190 da Polícia Militar, ou através do aplicativo, PMSC Cidadão, que pode ser encontrado nas lojas virtuais (PlayStore e IOS)”, orientou em nota.