Petição propõe redução de 30% do salário dos políticos em Lages

Uma petição online propõe a redução de 30% do salário de agentes públicos de Lages, na Serra Catarinense. Lançada há uma semana, a proposta está buscando assinaturas de apoiadores. Ela tem por objetivo reduzir salários dos vereadores, prefeito e comissionados da prefeitura e Câmara de Vereadores.

De acordo com um dos líderes do movimento, o estudante Gustavo Duarte Costa, a iniciativa é uma ação apartidária. Ela foi organizada por um grupo de jovens amigos que acreditam que, neste momento de crise causada pelo novo coronavírus, a classe política também deve dar sua contribuição para amenizar a crise.

“Mais do que nunca, a classe política deve agir em função das necessidades e interesses da população, apresentando uma postura exemplar e que condiz com o cenário de crise e redução de gastos, pelo qual passamos”, destaca Gustavo, garantindo que a proposta não tem vinculação com nenhum político.

Ele explicou que a proposta tem como principal objetivo desonerar os cofres públicos, com vistas a sobrar mais recursos financeiros para custear as medidas de combate à pandemia.

“O desemprego no setor privado aumentou e temos empresas fechando, enquanto isso, o poder público em Lages está intocável. Portanto, queremos que os políticos deem sua contribuição no combate à crise do coronavírus”, disse.

Gustavo declarou que outras cidades do Estado, como Florianópolis e São José já reduziram o salário de políticos. A petição está disponível na internet.

Para participar, o cidadão deve fornecer o nome completo o e-mail. A ideia dos organizadores é reunir as assinaturas até o fim do mês de maio.

Após, a petição será levada adiante e encaminhada à câmara e à prefeitura, ficando a critério destes órgãos a decisão para pôr em prática a proposta. A meta é colher cerca de 1,5 mil assinaturas.

Ao ser questionado sobre a proposta, o prefeito Antonio Ceron declarou que, se houver necessidade, vai fazer ajuste nos salários dos servidores.

Vale lembrar que, no início da crise da pandemia, ele suspendeu o reajuste dos servidores comissionados. Além disso, desde o início do mandato ele, por sua vez, doa seu salário para entidades assistenciais do município.

“O desemprego no setor privado aumentou e temos empresas fechando, enquanto isso, o poder público em Lages está intocável. Portanto, queremos que os políticos deem sua contribuição no combate à crise do coronavírus.” Gustavo Duarte Costa, um dos líderes do movimento

Procurada para comentar a proposta da petição, a Mesa Diretora da Câmara de Vereadores, por meio do presidente, disse que preferia não se manifestar.

Vale ressaltar que já tramita na Casa um projeto do vereador Gerson dos Santos que propõe a redução do salário dos edis nos próximos três meses.

Na opinião do vereador Amarildo Farias, ouvido pela reportagem, “se for uma proposta vinda do Executivo com a participação dos agentes políticos: prefeito, vice, secretários e diretores tanto da Câmara como da prefeitura, eu seria parceiro, com destino acertado desses recursos entre os dois poderes”.

 

Com informações do Correio Lageano

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Treviso: Esgoto a céu aberto é tema de indicação

Moradores do Loteamento Nova Esperança estão insatisfeitos com o esgoto a céu aberto. A população procurou o Legislativo e o tema motivou uma indicação...

95 municípios podem ter de realizar segundo turno nas Eleições Municipais de 2020

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 95 municípios com mais de 200 mil habitantes podem ter de promover um segundo turno de...

Réplica da primeira igreja matriz de Orleans, um local que ainda recebe visitantes

A primeira capela da cidade foi construída em 1886 pelo  comendador francês Joaquim Caetano Pinto Júnior. As telhas vieram da França, e possuía 4 janelas...

Polícia Civil prende suspeito de feminicídio e de homicídio de recém-nascido e localiza corpos das vítimas

Na terça-feira (22), a Polícia Civil, por intermédio do Setor de Investigações Criminais de Itapema, cumpriu um mandado de prisão temporária contra um investigado...