Participantes do primeiro curso de Cuidadores de Idosos realizado pela Secretaria de Assistência Social e Habitação de São Ludgero recebem certificado

Ao todo 13 pessoas da comunidade participaram no período de 9 de novembro a 13 de dezembro do primeiro curso de Cuidadores de Idosos realizado pela Secretaria de Assistência Social e Habitação de São Ludgero.

O curso foi ministrado pelo Instituto Caminhos, de Xanxerê, e os participantes tiveram aulas com profissionais de Psicologia, Enfermagem e Assistência Social, e aprenderam a respeito do processo do envelhecimento, cuidados com a saúde do idoso, noções básicas de primeiros socorros, higienização, atividades físicas, fisioterapia, alimentação, caracterização das principais doenças da terceira idade, utilização de medicamentos, direitos dos idosos e combate à violência contra o idoso, além de realizarem visita a uma Instituição de Longa Permanência para Idosos em Tubarão, o Abrigo dos Velhinhos de Tubarão.

A psicóloga Celina Luci Lazzari, da Secretaria de Assistência Social e Habitação, que acompanhou os alunos durante as aulas, afirma que o curso foi resultado de um grande esforço do setor público tendo como público prioritário as pessoas beneficiárias do Programa Bolsa Família, como forma de produzir capacitação e geração de renda aos beneficiários.

A Assistente Social e professora do curso, Neusa Moscon, agradece em nome do Instituto Caminhos a Prefeitura de São Ludgero, através da Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação, pela oportunidade no desenvolvimento da capacitação. “Aproveitamos para parabenizar aos participantes do curso pela escolha e conclusão do mesmo. Precisamos reconhecer que a população está envelhecendo de forma acelerada e que isto traz a necessidade de novas posturas da família, da sociedade e do Estado e das políticas públicas para o atendimento desta população nas áreas de saúde, social e econômica”, enfatiza. Ela completa reforçando que o papel do Cuidador ultrapassa o simples acompanhamento das atividades diárias dos indivíduos, sejam eles saudáveis, enfermos ou acamados, em situação de risco ou fragilidade, seja nos domicílios ou em qualquer tipo de instituições na qual necessite de atenção ou cuidado diário. “Desejamos sucesso nesta profissão que os participantes irão desempenhar, seja por escolha profissional, voluntária ou familiar”, finaliza Neusa.

Crédito de Foto: Arquivo Secretaria de Assistência Social e Habitação

Bertoldo Kirchner Weber- Assessor de Comunicação de São Ludgero

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite inicia em 5 de outubro

Começa no próximo dia 5 de outubro e se estende até o dia 30 a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite para crianças...

RIO AMÉRICA | Igreja recebe nova iluminação através da Coopercocal

Além de distribuir energia prezando pela qualidade e agilidade nos serviços prestados, a Coopercocal investe constantemente em serviços sociais. Neste mês de setembro, a...

Escola Barão do Rio Branco de Urussanga realizará “Drive Thru da Leitura”

Os alunos da Educação Fundamental da Escola Barão do Rio Branco, na cidade de Urussanga, poderão participar de uma atividade diferente, durante as aulas...

EVENTOS | Novas regras para diferentes setores

Após o governo confirmar que Santa Catarina não tem mais regiões em nível gravíssimo para a covid-19, novas regras foram criadas para as áreas...