Pai adota menina com Síndrome de Down que foi rejeitada por 20 famílias

O italiano Luca Trapanese sempre teve o sonho de se tornar pai. Ele também trabalha como voluntário em organizações que auxiliam crianças com deficiência há 14 anos.

O italiano Luca Trapanese, de 41 anos, adotou uma menina com Síndrome de Down que havia sido rejeitada por 20 famílias.

A menina Alba tinha apenas 13 dias de vida quando conheceu Luca. Neste pequeno período de tempo, ela havia sido rejeitada pelos próprios pais e outros 20 casais que tinham interesse em adotar, simplesmente por ter Síndrome de Down.

Luca trabalha como voluntário em organizações que auxiliam crianças com deficiência há 14 anos, e sempre teve o sonho de se tornar pai. No entanto, não é comum que a Itália permita a adoção para homens solteiros, principalmente se forem homossexuais, como é o caso de Luca.

Em 2017, quando conseguiu a permissão, o governo declarou que ele só poderia adotar uma criança com necessidades especiais e que tivesse sido rejeitada por outras famílias. Foi aí que em julho do mesmo ano a menina apareceu na sua vida.

Sua conta no Instagram, que também contém fotos da menina, já conta com mais de 290 mil seguidores.

Fonte:Hypeness

Imagem: Arquivo Pessoal

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS