Pacientes da Atenção Primária poderão ter consultas pela internet a partir de maio, segundo Ministério da Saúde

A partir do mês de maio, os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) poderão ter consultas virtuais nos postos de saúde da Atenção Primária. A iniciativa do Ministério da Saúde vai permitir que os profissionais de saúde atendam a população por meio de uma plataforma on-line. O órgão espera que o serviço ajude a diminuir a propagação do novo coronavírus, além de aprimorar a assistência às pessoas.

Por meio do Consultório Virtual, médicos, enfermeiros e multiprofissionais vão poder fazer teleconsultas e dar continuidade ao tratamento de pacientes com hipertensão e diabetes, por exemplo. A ferramenta on-line busca dar agilidade, comodidade e segurança no âmbito da Atenção Primária em saúde. O Ministério da Saúde afirma que vai treinar cerca de 20 mil profissionais que atuam nas unidades de Saúde da Família para que possam acessar e navegar no sistema.

O projeto prevê manutenção e suporte técnico aos médicos e enfermeiros por 24 horas, todos os dias. O ministério vai certificar, gratuitamente, para as práticas de telemedicina e telessaúde, os profissionais que aderirem à iniciativa. O Consultório Virtual é uma parceria entre a Secretaria de Atenção Primária à Saúde (SAPS) e o Hospital Albert Einstein. De acordo com o Ministério da Saúde, a iniciativa deve custar pouco mais de R$ 4 milhões.

Segundo Carla Pintas, enfermeira e professora de saúde coletiva da Universidade de Brasília (UnB), a introdução dessa ferramenta ao sistema de saúde trará ganhos para a relação entre médico e paciente.

“Incorporar a telemedicina é fundamental hoje na atenção primária. A gente deve dar conta de fazer o acompanhamento regular desses pacientes. Muitas vezes, não só a consulta em si, mas a unidade retornar a ligação para o paciente, perguntar como tem sido a utilização de alguns medicamentos, como ele tem se sentido.”

O cidadão poderá marcar a consulta ao fazer uma solicitação de agendamento junto à equipe de saúde que, normalmente, o atende no dia-a-dia. A consulta virtual poderá ocorrer tanto por telefone, quanto por videoconferência. Vai depender da familiaridade do paciente com cada canal de comunicação. No caso de atendimento por vídeo, os médicos vão enviar o endereço eletrônico da consulta aos pacientes.

A ferramenta vai permitir que os profissionais da Atenção Primária registrem a consulta à distância e emitam atestados e receitas. Para garantir a segurança dos dados, o suporte da plataforma vai permitir a emissão de certificação digital gratuita, com validade de cinco anos. Após o atendimento, a pessoa vai receber o resultado da consulta e uma pesquisa de satisfação.

O Ministério da Saúde espera que o Consultório Virtual ajude a desafogar os hospitais e evite que a população e os profissionais de saúde fiquem mais expostos ao vírus. Além disso, o órgão acredita que a ferramenta vai minimizar alguns impactos causados pela pandemia, como o adiamento de consultas relacionadas a outras enfermidades, o que afetou, sobretudo, os doentes crônicos. É o que explica, Carla Pintas.

“Independente desse movimento pandêmico que a gente tem passado nos serviços de saúde, a vida continua com outras questões. Então, eu tenho paciente hipertenso, diabético, gestante, criança, que precisam do acompanhamento regular. Fazer o acompanhamento regular desses indivíduos de forma virtual [é importante] para evitar que eles fiquem expostos à contaminação por coronavírus.”

O Consultório Virtual se junta a outros serviços do TeleSUS, como o atendimento por telefone, chat on-line e aplicativo. Essas ferramentas permitem que a população possa tirar dúvidas e que o sistema de saúde acompanhe e monitore, à distância, casos suspeitos da Covid-19.

A expectativa do governo é de que a plataforma esteja disponível para os médicos, enfermeiros e multiprofissionais, entre a terceira e a quarta semanas de maio. Mais à frente, o Ministério da Saúde pretende disponibilizar um aplicativo e endereço eletrônico para que as pessoas possam agendar a consulta virtual e acessar as informações clínicas, atestados e receitas.

Para mais informações sobre a Covid-19, acesse coronavirus.saude.gov.br. Ministério da Saúde, Governo Federal. Pátria Amada, Brasil.

Com informações da Agencia do Rádio Mais

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

O Caminho de Santiago é para todos

O Caminho de Santiago é visto com frequência como um projeto religioso, místico, hippie, ou coisa parecida. Mas ele não é isso — ou, ao...

Cerâmica Elizabeth é a nova patrocinadora do Criciúma Esporte Clube

Empresa está entre os maiores fabricantes do mundo de revestimentos cerâmicos e tem uma unidade na cidade que dá nome ao clube de futebol A...

O seu horóscopo exclusivo em um Clic

O CAMINHO DOS ASTROS 51 A vida é um coletivo Urano teve vários filhos, como detestava a todos, mantinha-os presos no interior de Gaia, a Terra....

Pescadores e maricultores recebem apoio do Governo do Estado

Os pescadores e maricultores que sofreram prejuízos devido a fenômenos climáticos extremos, como o tornado e ciclones que atingiram Santa Catarina neste ano, contarão...