Os irmãos siameses que desafiaram costumes e ciência e tiveram 21 filhos

Os gêmeos Chang e Eng Bunker marcaram a história da medicina não só por terem sido a inspiração para nomear a condição siameses, mas, também, por desafiarem expectativas e terem criado famílias. Esta é a história de dois homens que tiveram nada menos do que 21 filhos.

O uso da palavra siamês na atualidade se dá pela trajetória de Chang e Eng, nascidos em 1811 em Sião, atual Tailândia. Filhos de pais chineses, eles viveram nos Estados Unidos durante o século 19, contrariando regra preconceituosa de permitir apenas a cidadania para homens brancos livres.

“Em 1832 não havia muita imigração asiática, de modo que, em certa medida, eles se misturaram com a população branca; os sulistas os viam como ‘brancos honorários’, já que eram famosos e tinham dinheiro”, disse à BBC Brasil o pesquisador Yunte Huang.

A fantástica história de Chang e Eng Bunker

Yunte Huang fez revelações importantes sobre a vida dos dois no papo com a BBC. Segundo o pesquisador, Chang e Eng não foram os primeiros gêmeos siameses, mas os precursores na obtenção do registro.

“Por exemplo, duas irmãs viveram na Hungria no século 18, o que causou fascínio na época, mas Chang e Eng Bunker foram os primeiros irmãos siameses a viver uma vida extraordinária”, disse Huang, que é autor de ‘Inseparable – The Original Siamese Twins and Their Rendezvous with American History’ (‘Inseparáveis: os gêmeos siameses originais e seu encontro com a história americana’, em tradução livre).

Huang revela que os gêmeos nascidos no que hoje é conhecido por Tailândia foram para os Estados Unidos depois de serem praticamente vendidos pela mãe“Quando chegaram, foram colocados no palco e exibidos como se fossem monstros”, afirmou sobre a realidade cruel da época.

A humilhação da condição humana foi por muito tempo a única fonte de dinheiro dos irmãos, que se casaram com suas irmãs brancas garantindo assim a cidadania norte-americana. Tudo isso aconteceu em contravenção às leis anti-miscigenação do Sul dos Estados Unidos. O casamento foi um grande escândalo e os jornais da época deram amplo destaque ao fato. Chang e Eng falaram abertamente sobre as dinâmicas de um relacionamento envolvendo irmãos siameses adultos.  Os gêmeos passavam três dias na cada de casa esposa em um revezamento constante.

Os irmãos tinham até um pacto muito rigoroso quando se tratava de relacionamentos íntimos, que mais tarde seria usado pelas gêmeas siamesas inglesas Daisy e Violet Hilton, no século 20. Uma dessas irmãs acabou se casando e, segundo seu livro de memórias, quando uma estava com seu marido, a solteira se afastava mentalmente da situação. Lia um livro ou tirava uma soneca. Os casais permaneceram juntos pro três décadas e geraram 21 filhos no total. Chang teve 10 filhos e Eng, 11.

Redação Hypeness

Foto: Getty Imagem

ÚLTIMAS NOTÍCIAS