Operação da PF que investiga desvio de recursos da Caixa apreende R$ 80 mil no Sul de SC

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (20) a Operação Benedetta, que investiga uma possível má aplicação de recursos públicos  da Prefeitura de Urussanga, no Sul de Santa Catarina, contratados junto à Caixa Econômica Federal.

Ao longo desta manhã 18 mandados de busca e apreensão foram cumpridos nas cidades de Urussanga, Orleans, Siderópolis, Tubarão e Criciúma. Os endereços são vinculados à empresas, órgãos públicos e também casas de empresários e de servidores públicos da prefeitura.

PF encontrou R$80 mil em casa de um dos investigados – Foto: Divulgação/PF/NDPF encontrou R$80 mil em casa de um dos investigados – Foto: Divulgação/PF/ND

Somente em um local investigado, os agentes federais encontraram R$ 80 mil reais guardados em uma pasta.

Operação investiga desvio de R$ 300 mil em recursos da Caixa

A Operação Benedetta teve início em setembro de 2020 e investiga supostas fraudes que teriam ocorrido em obras de pavimentação do município.

Além disso, a Polícia Federal também apura um suposto desvio de recursos em obras financiadas junto à Caixa Econômica Federal. Em apenas uma das obras financiadas, o valor se aproxima dos R$ 300 mil.

Prefeitura não quis se manifestar

A reportagem do ND+ procurou a Prefeitura de Urussanga para se manifestar sobre as acusações. Conforme passado pela Assessoria de Comunicação, a “administração municipal vai se manifestar, mas em um momento oportuno e não agora no momento que a operação está em andamento”.

Caso as suspeitas se confirmem, os investigados responderão pelos crimes de peculato, crime de responsabilidade e organização criminosa.

REDAÇÃO ND, BLUMENAU

Foto: Divulgação/Polícia Federal/ND

ÚLTIMAS NOTÍCIAS