Epagri lança publicação de educação financeira para pescadores artesanais

A Epagri está lançando o Boletim Didático “Educação financeira para pesca artesanal”. O material busca dar mais independência para esta população, com ênfase em controle de produção, custos da pescaria, mão de obra e depreciação dos equipamentos. O Boletim está disponível para download aqui.

“Os conhecimentos apresentados neste Boletim Didático são alguns dos itens de educação financeira que entendemos ser essenciais aos pescadores artesanais, em especial às mulheres que em grande maioria exercem a administração dos recursos financeiros da atividade”, descreve Naiara Sampaio Silva, extensionista rural da Epagri em Itajaí e autora da obra.

O Boletim traz histórias e diálogos, relatando a realidade vivenciada por uma família de pescadores em relação aos principais conceitos financeiros e problemáticas do dia a dia. Possui ainda exercícios para serem resolvidos com os pescadores, podendo-se utilizar dados da própria família, além de auxiliar na apropriação de definições e conceitos financeiros.

Unidades

O conteúdo está organizado em três unidades que vão ajudar os pescadores e pescadoras a reconhecer e listar todos os equipamentos utilizados na pescaria, ter uma noção de durabilidade e valor atual dos equipamentos, entender o que é e calcular a depreciação dos equipamentos. Também são repassadas informações sobre registros da produção e receita bruta, com objetivo de fazer com que o usuário adquira o hábito de anotar em planilhas a produção semanal por espécie e o preço de venda, compreenda e calcule a receita bruta obtida.

Na unidade três o leitor vai aprender conceitos de custos, margem bruta e receita líquida. Aqui ele deve compreender a importância dos custos fixos, variáveis e saber diferenciá-los, calcular a receita líquida, conseguir diferenciar receitas líquida e bruta e entender o que é margem bruta e a importância dela para a pescaria.

“Ser dono dos meios de produção, administrador do seu próprio negócio e utilizar mão de obra própria exige organização e domínio de muitos conhecimentos para conseguir manter o empreendimento lucrativo”, descreve a extensionista da Epagri, sobre sua motivação para produção do Boletim Didático. “A organização econômica da atividade pesqueira é essencial para a manutenção do trabalho de diversas famílias da região litorânea, estejam elas diretamente ou indiretamente envolvidas com atividade da captura do pescado”, finaliza.

Epagri

Foto: Nilson Teixeira / Epagri

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS