Sebrae tem vagas abertas com bolsas mensais de R$ 4 mil em Santa Catarina

O Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) de Santa Catarina abriu as inscrições para o programa que vai selecionar Agente Locais de Inovação para atuarem em pequenas empresas do Estado.

Os requisitos para se candidatar estão disponíveis no site do Sebrae. As inscrições podem ser feitas até o dia 23 de agosto.

Esta é a 6ª turma a ser formada em Santa Catarina. Desde 2011, mais de 5.800 pequenos negócios já foram atendidos.

Serão selecionados e capacitados 150 profissionais dos quais 100, a partir de novembro, irão atuar imediatamente, por um período de 24 meses, como bolsistas pelo CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico).

O valor da bolsa mensal é de R$ 4 mil. Para se inscrever é preciso que o candidato à vaga cumpra os seguintes requisitos:

  • Curso superior concluído, em qualquer área;
  • Tenha, no máximo, dez anos de formado;
  • Possua currículo na plataforma Lattes;
  • Comprove pelo menos seis meses de experiência em atividades em pequenas empresas;
  • Disponibilidade integral
  • Não estar cursando outra graduação
  • Não ter sido bolsista CNPq na modalidade EXP (Projeto ALI) por
    mais de 11 meses

O gestor do Programa Agentes Locais da Inovação no Sebrae/SC, Denilson Coelho, explica que os profissionais selecionados serão capacitados para promover a prática continuada de ações de inovação em empresas de pequeno porte.

“Os selecionados receberão treinamento e depois irão mergulhar na realidade dos pequenos negócios para que, por meio de orientação proativa e personalizada, auxiliem os empresários no processo de inovação das suas empresas com foco em aumento de produtividade”, diz Denilson.

As bolsas destinadas para Agente Local de Inovação exigem algumas competências dos candidatos, bem como autogestão e flexibilidade, qualidade no trabalho, proatividade, foco em resultados e orientação para o cliente.

Bolsista orientador

Serão disponibilizadas ainda cinco vagas para bolsistas orientadores: uma na região Sul e Grande Florianópolis, uma na região Norte, duas no Vale do Itajaí e uma na Serra e Oeste do Estado.

Os candidatos deverão residir em um dos municípios da região da vaga de opção ou assinar o Termo de Compromisso de Mudança até a data de assinatura do Plano de Trabalho, mas sua atuação deverá ocorrer na cidade do Escritório Regional.

Caso o orientador possua vínculo empregatício com outra empresa e ou instituição, este receberá 60% do valor de referência da Bolsa EXP-SA e deverá ter disponibilidade de, no mínimo, 20 horas semanais para as atividades dispostas no Plano de Trabalho.

Durante todo o período de vigência da bolsa deverá possuir um microcomputador portátil com acesso à internet, ferramentas do pacote Microsoft Office, versão atualizada, e suporte a Java.

NDMais

Foto: Pixabay/Divulgação/ND

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS