NEVE | 7 cidades da Serra catarinense esgotaram hospedagem

Com a divulgação de uma possível nevada na região serrana catarinense, os telefones das pousadas de Urupema não param de tocar. Em um grupo de Whatsapp, os proprietários estão frequentemente repassando pedidos por reserva, pois os seus estabelecimentos já estão cheios.

A situação é compartilhada pelas quatro cidades que integram a região mais alta da Serra –  Urupema, Urubici, São Joaquim e Bom Jardim da Serra. Hotéis nos municípios vizinhos de  Rio Rufino, Bocaina do Sul e Bom Retiro também estão lotados, informa a Amures (Associação dos Municípios da Região Serrana).

Procura aumentou 37% na região

De acordo com Ana Vieira, assessora de turismo da Amures, a procura por vagas de hospedagem aumentou 37% em toda a região, que compreende 18 municípios.

Poucas cidades, como Lages e Otacílio Costa, ainda tinham vagas de hospedagem disponíveis no final da tarde desta terça-feira (18).

Decreto para evitar contágio de Covid-19 limita ocupação

A região Serrana opera sob decreto estadual que limita a ocupação hoteleira em 50% da capacidade de cada estabelecimento. Alguns municípios, como São Joaquim, enrijeceram ainda mais a regra, limitando a ocupação a apenas 40% da capacidade.

Dos 350 leitos disponíveis em Urupema, 175 ficaram utilizáveis com o decreto. Destes, 98% já estavam ocupados na tarde desta terça-feira (18). Como alguns estabelecimentos não vão abrigar turistas, em razão da pandemia de Covid-19, o município decretou que não há mais vagas.

Em São Joaquim, município que limitou a 40% a ocupação de leitos, 300 leitos estavam disponíveis aos turistas. Desde o dia 15 de agosto, com o surgimento da possibilidade de nevada na região, a procura aumentou intensamente. Nesta tarde não havia nenhuma vaga disponível.

Em Bom Jardim da Serra, município que conta com 38 estabelecimentos hoteleiros e 650 leitos, apenas 40% (260) estão habilitados. Todos eles também estavam ocupados.

Apenas turistas com reserva devem visitar região

Em reunião realizada nesta terça-feira (18), envolvendo representantes de sete municípios serranos (Lages, São Joaquim, Urupema, Urubici, Bom Jardim da Serra, Rio Rufino e Bom Retiro), foi decidido incentivar a população a visitar a Serra apenas se tiverem reserva em hotéis.

Como as nevascas ocasionam destelhamentos, e deixa moradores desalojados, as prefeituras querem dedicar atenção aos munícipes nesse momento. Além disso, a região está em nível gravíssimo quanto ao contágio de Covid-19 desde o dia 12 de agosto.

“A ideia é fazer esta campanha para comunicar os turistas. Temos outros problemas, como gelo na pista e as tempestades de neve, que muitas vezes causam destelhamentos” ressalta Vieira. “Precisamos estar com equipe focada para cuidar destas pessoas”.

FELIPE BOTTAMEDI, URUPEMA

NDMais

*Imagens da nevada em São Joaquim, em junho de 1980

Foto: Argus São Joaquim/Divulgação/ND

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mundo | Taj Mahal recebe 1ºs visitantes em meio a aumento de casos

A Índia reabriu o Taj Mahal após seis meses nesta segunda-feira, com os primeiros visitantes entrando no famoso monumento enquanto as autoridades relatavam 86.961 novas infecções por coronavírus em todo...

Freiras brasileiras são sequestradas por terroristas em Moçambique

Duas freiras brasileiras foram feitas reféns por 24 dias por extremistas islâmicos em Moçambique, na África. Ambas já foram liberadas, mas em estado de...

Pescaria Brava | Pacientes crônicos serão testados

Após os mais de 1,5 mil idosos acima de 60 anos de Pescaria Brava serem testados para o novo coronavírus, a secretaria de Saúde...

Profissionais do setor de eventos farão manifestação nesta terça-feira em Criciúma

Profissionais do setor de eventos do Sul do Estado farão uma manifestação nesta terça-feira (21), em Criciúma, pedindo que sejam ouvidos pelas autoridades governamentais...