MUNDO | Itália terá primeiras doses de vacina de Oxford até dezembro

O ministro das Relações Exteriores da Itália, Luigi Di Maio, anunciou neste domingo (11) que o país europeu terá as primeiras doses de vacina contra o novo coronavírus (Sars-CoV-2) até o final do ano, graças à parceria com a Universidade de Oxford.

“Na emergência não estou dizendo que somos o último melhor. Nós, graças ao acordo com a Universidade de Oxford, teremos as primeiras doses da vacina até o final do ano”, explicou o chanceler italiano em um programa na RaiTre.

Durante a entrevista, Di Maio ressaltou que, em fevereiro, o país não estava absolutamente preparado, não tinha nada, nem mesmo como cadeia produtiva. “Agora temos um país que pode ter disfunções, mas se equipou e mostrou que pode lidar com a emergência”.

Por fim, o ministro italiano enfatizou que o país “não deve ser muito duro consigo mesmo. A terapia intensiva está equipada”. A “Itália não pode permitir um novo bloqueio, o sistema econômico e comercial não pode permitir”, concluiu.

Esta notícia é da Reuters

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Castelo de Karlstjen, Boêmia Central na República Tcheca encantando viajantes e visitantes

A busca pelo gótico tcheco levará o viajante a uma serie de castelos. O rei de todos será o Castelo de Karlštejn, no qual...

Sampa Jazz Fest 2020 tem show de Anna Setton, ao vivo para todo o Brasil, hoje, 24 de outubro

"Quarta edição do festival será online e gratuita, com shows também de Bixiga 70 com Tulipa Ruiz e Salomão Soares com Vanessa Moreno". Neste sábado,...

Segundo a FECAM, retorno presencial às salas de aula deve ser gradual e escalonado

"Uma série de regras sanitárias devem ser cumpridas antes de todos os estudantes retornarem presencialmente às salas de aula em SC, a exemplo de...

Unisul lança curso gratuito de Gestão do Tempo

"Programa de curta duração terá como foco auxiliar jovens no gerenciamento de atividades da vida academia e profissional".     Durante a vida universitária é comum...