MUNDO | Vaticano doa 700 mil máscaras para a China e pessoas fazem fila para máscaras em Hong Kong

O Vaticano enviou cerca de 700 mil máscaras de proteção à China, epicentro de uma epidemia de coronavírus que já contaminou 17,5 mil pessoas e matou pelo menos 362. A notícia é do Global Times, tabloide do Partido Comunista Chinês, que diz que a iniciativa foi apoiada pelo esmoleiro do papa Francisco, cardeal Konrad Krajewski, pela Farmácia Vaticana e pelas comunidades de chineses cristãos na Itália.

“Espero que as máscaras possam chegar o mais rapidamente possível aos lugares onde são necessárias, de modo que os pacientes possam sentir a preocupação da Santa Sé”, disse o vice-reitor do Pontifício Colégio Urbaniano, Vincenzo monsenhor Han Duo.

Com informações do site Terra

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Alta de casos da covid faz Paraná adotar toque de recolher à noite; medida funciona?

O governo do Paraná impôs toque de recolher noturno na região leste do Estado em resposta à escalada de casos de covid-19 que sobrecarrega...

Oito equipes vencem o Inova Senai 2020

Com propostas de soluções para demandas reais da sociedade e da indústria brasileira, estudantes do Serviço Nacional de Aprendizagem (SENAI) desenvolvem projetos inovadores ao...

Lei Aldir Blanc: comissão discute terceiro edital

A comissão responsável pelos recursos da Lei Aldir Blanc se reuniu essa semana para discutir as regras do terceiro edital, que trata da produção...

Mais de 20% das crianças estudam em escolas sem saneamento básico

Mais de 20% das crianças matriculadas em creches ou em pré-escolas do Brasil estudam em instituições de ensino sem saneamento básico. O pior cenário...