Mundo | Série mexicana ‘Chaves’ sai do ar em toda a América Latina

A popular série de televisão “Chaves”, protagonizada por Roberto Gómez Bolaños “Chespirito” e que continuava sendo transmitida principalmente na América Latina, foi tirada do ar de todos os canais em que era exibida, informaram os filhos do falecido ator ontem domingo (2).

Criada por Gómez Bolaños em 1970 e com o último capítulo gravado em janeiro de 1980, “Chaves” foi retirada da televisão desde 1o de agosto porque, segundo a imprensa mexicana, a família do ator e o canal Televisa não chegaram a um acordo sobre os direitos da série.

“Embora estejamos tristes pela decisão, minha família e eu esperamos que Chespirito esteja em breve nas telas do mundo. Continuaremos insistindo e estou seguro de que conseguiremos”, escreveu em sua conta do Twitter Roberto Gómez Ferán, filho do ator.

A retirada de “Chaves” do ar entrou para os assuntos mais comentados no Twitter, com várias mensagens de lástima dos espectadores de países de língua espanhola, os quais ressaltaram os valores manifestados pelo programa, como a amizade, solidariedade e a honestidade.

No entanto, também havia duras mensagens de crítica, principalmente de usuários mexicanos, que consideram que o programa “manipulava” as crianças e tinha nuances “classistas”.

Com informações da AFP

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

“Árvore da Vida” conforta e consola pacientes e familiares no Hospital Dona Helena, em Joinville (SC)

Em novembro, a imagem de uma árvore foi colocada na parede da capela do Hospital Dona Helena, de Joinville (SC). Os pais que frequentam...

Anatel autoriza repasse de recursos para projetos de interiorização da TV Digital no Brasil e democratização da internet

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) autorizou o repasse de verba para projetos de interiorização da TV Digital e democratização da internet no país....

Tiros, vitrines quebradas, cédulas espalhadas pelo chão e agências bancárias do centro invadidas em Criciúma por bandidos

Dezenas de criminosos, fortemente armados, vários veículos, poder de fogo assustador fizeram do centro da cidade de Criciúma uma praça de terror, no início...

Família Fernandes esperou o encontro com a sobrinha por mais de 40 anos (Metropol)

Pedro Manoel Fernandes tinha uma marcenaria no Bairro Metropol, em Criciúma. Ele e a esposa Florisbela Elias Fernandes tiveram 13 filhos. O único que...