MUNDO | Pentágono cria unidade para o estudo de óvnis

O Pentágono anunciou nesta sexta-feira (14) a criação de uma unidade encarregada de estudar oficialmente objetos voadores não identificados, os óvnis, que focará em detectar possíveis manobras de espionagem realizadas por adversários dos Estados Unidos.

Com a criação da “célula de trabalho sobre fenômenos aéreos não identificados” aprovada em 4 de agosto e que estará sob responsabilidade da Marinha, pretende-se “compreender melhor a natureza e origem” destas aparições, declarou Susan Gough, porta-voz do Departamento de Defesa, em comunicado.

Para o Exército americano, os óvnis não têm nada a ver com possíveis extraterrestres, mas sim com adversários e inimigos dos Estados Unidos muito reais.

Washington mostra-se particularmente preocupado com a capacidade de espionagem da China, através de drones ou outros meios aéreos.

A missão da nova unidade do Pentágono é “detectar, analisar e catalogar estes fenômenos aéreos não identificados que poderiam representar uma ameaça para a segurança nacional”, declarou a porta-voz.

O Pentágono “leva muito a sério qualquer incursão de aeronaves não autorizadas em nossos centros de treinamentos ou em nosso espaço aéreo, e revista todos os relatórios”, completou.

O Senado dos Estados Unidos se interessou nas atividades do Pentágono nesta área em junho, confirmando assim oficialmente a existência de um grupo de trabalho informal sobre este tema.

A nova unidade formaliza as operações destes soldados e permitirá ao Congresso monitorar mais de perto a atividade.

O Pentágono publicou três vídeos filmados por pilotos da Marinha em final de abril que mostram encontros em voo com o que parecem ser óvnis. Um dos vídeos, em preto e branco, data de novembro de 2004, enquanto os outros dois são de janeiro de 2015.

sl/la/gfe/ll/am

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

O seu horóscopo exclusivo em um Clic

O CAMINHO DOS ASTROS 51 A vida é um coletivo Urano teve vários filhos, como detestava a todos, mantinha-os presos no interior de Gaia, a Terra....

Mundo | Taj Mahal recebe 1ºs visitantes em meio a aumento de casos

A Índia reabriu o Taj Mahal após seis meses nesta segunda-feira, com os primeiros visitantes entrando no famoso monumento enquanto as autoridades relatavam 86.961 novas infecções por coronavírus em todo...

Freiras brasileiras são sequestradas por terroristas em Moçambique

Duas freiras brasileiras foram feitas reféns por 24 dias por extremistas islâmicos em Moçambique, na África. Ambas já foram liberadas, mas em estado de...

Pescaria Brava | Pacientes crônicos serão testados

Após os mais de 1,5 mil idosos acima de 60 anos de Pescaria Brava serem testados para o novo coronavírus, a secretaria de Saúde...