Mundo : Papa pede que dinheiro de armas seja redirecionado para pesquisas médicas

papa Francisco orou neste sábado, 1º de maio, para que a pandemia do novo coronavírus termine o mais rápido possível e pediu que o dinheiro usado para desenvolver o mercado de armas fosse redirecionado para estudos que pudessem impedir futuras pandemias. A declaração do pontífice ocorreu na Basílica de São Pedro, no Vaticano, em cerimônia que abriu uma maratona de orações da Igreja Católica.

Francisco presidiu o recital do rosário no primeiro dia de maio, o mês em que os católicos romanos costumam realizar orações diárias. O papa pediu que a Nossa Senhora “toque consciências para que enormes quantias sendo gastas para aumentar e aperfeiçoar armamentos sejam redirecionadas para promover estudos adequados para impedir catástrofes similares no futuro”.

O papa ainda pediu que “este teste difícil termine e que o horizonte de paz e esperança retorne”, segundo a agência Reuters. Católicos de 30 locais dedicados à Nossa Senhora, como Nossa Senhora de Guadalupe, no México, Nossa Senhora de Fátima, em Portugal, e Nossa Senhora Aparecida, no Brasil, irão se revezar na liderança de orações todos os dias do mês.

Os recitais serão transmitidos nas redes sociais do Vaticano todos os dias, às 18h de Roma (13h de Brasília) e serão encerrados pelo papa no fim do mês, em uma missa nos jardins do Vaticano.

Da Redação da VEJA.com

ÚLTIMAS NOTÍCIAS