MUNDO | Covid-19: Bebês de mães vacinadas nascem com anticorpos

Duas bebês nascidas há poucos dias no hospital de Pádua, na Itália, apresentaram anticorpos contra a covid-19, após suas mães, ambas médicas, terem sido vacinadas contra o novo coronavírus durante a gravidez.

As crianças foram identificadas como Anna e Valentina, que nasceram nos dias 9 e 16 de março, respectivamente. Ela são filhas das médicas Anna Parolo, imunologista do Ulss 6 Euganea, e de Valeria Bernardi, uma ginecologista de 37 anos.

Segundo as autoridades sanitárias, os anticorpos contra Sars-CoV-2 foram detectados em uma amostra de sangue das bebês logo após o nascimento.

“As duas meninas são as primeiras na Itália em que foram isolados anticorpos no sangue neonatal no nascimento. Na verdade, os estudos internacionais, até o momento, se baseiam exclusivamente em anticorpos no cordão umbilical”, explicou Gianfranco Juric Jorizzo, chefe da equipe de Medicina pré-natal do ULSS 6.

As duas profissionais de saúde, que até agora não foram infectadas com o novo coronavírus, receberam voluntariamente a primeira dose da vacina anti-Covid no início de janeiro e, três semanas depois, foram totalmente imunizadas.

As meninas, que nasceram com cerca de 3 quilos cada, estão bem, em casa e são amamentadas. “Os estudos são limitados, mas concordam em sugerir que não há efeitos colaterais na mãe e no feto. A vacinação pode, portanto, ser indicada, mesmo na gravidez e nas situações com fatores de risco”, recomendou Jorizzo.

Reportagem: ANSA / Ansa

ÚLTIMAS NOTÍCIAS