MUNDO | Com números em queda, Chile anuncia desconfinamento gradual em Santiago

Com números que “continuam melhorando”, autoridades de saúde do Chile anunciaram nesta sexta-feira (24) o início de uma primeira etapa de desconfinamento em sete comunas de Santiago na próxima semana.

A flexibilização em etapas, com quarentena obrigatória nos finais de semana, também inclui duas comunas da região de Valparaíso, 120 km a oeste da capital.

Um mês depois de atingir o pior estágio da epidemia de coronavírus, que deixou quase 9.000 mortes confirmadas com testes de PCR, a abertura parcial abrange cerca de nove dos 18 milhões de habitantes do Chile.

O país está entre os dez com mais casos no mundo, o único com menos de 30 milhões de habitantes do ranking da Universidade Johns Hopkins.

A situação é desigual no território. Enquanto uma reabertura gradual inicia na Região Metropolitana, após 70 dias de quarentena, há a imposição do confinamento em Copiapó e La Calera, La Cruz e Isla de Maipo.

Nesta fase de “transição” até o desconfinamento total, é possível sair de segunda a sexta-feira, mas não nos finais de semana ou feriados nas comunas de Vitacura, Las Condes, Lo Barnechea, Ñuñoa, La Reina, Colina e Til Til, San Antonio e San Felipe, na região de Valparaíso.

O comércio não essencial, cinemas, teatros, restaurantes e cafés permanecem fechados.

Também serão permitidas reuniões em salas fechadas de até cinco pessoas e atividades esportivas em locais abertos com até 10 pessoas.

Com um total de 341.304 casos e 12.435 mortes, considerando os óbitos “prováveis”, o Chile completa sete semanas com baixo número de infecções por coronavírus.

Após uma tentativa de reabertura em abril levar a uma escalada de infecções, a flexibilização desta vez mantém o toque de recolher noturno, as fronteiras fechadas ao turismo e suspensão de aulas presenciais, exceto na Ilha de Páscoa.

Nas últimas 24 horas, o Chile registrou 2.545 novos contágios e bateu o recorde de 21.021 exames de PCR (swabs).

O ministro da Saúde Enrique Paris disse que “os números continuam melhorando”, após uma queda de 15% nos casos diários nos últimos sete dias e 30% nas últimas duas semanas.

A taxa diária de testes PCR positivos também caiu para 12,8%.

pa/pb/ll//jc/mvv / AFP notícias

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Sinovac quer distribuir vacina contra a covid-19 na América do Sul

A biofarmacêutica chinesa Sinovac Biotech planeja distribuir a vacina contra a covid-19, doença respiratória causada pelo novo coronavírus, na América do Sul por meio...

Mudanças no ensino médio são previstas pelo Inep

Neste mês foi instituída a Comissão de Assessoramento Técnico-Pedagógico para a Avaliação do Novo Ensino Médio da Diretoria de Avaliação da Educação Básica (Daeb),...

Polícia Civil e MPSC deflagram a operação seival 2

Operação investiga crimes praticados na cidade de Laguna e no IPREV por empresários, servidores públicos e agentes políticos. Estão em cumprimento três mandados de...

Covid-19: R$ 319 mi serão transferidos a municípios com povos e comunidades tradicionais

Por meio de portaria, o Governo Federal vai transferir cerca de R$ 319 milhões a municípios de todos os estados do país e o...