MUNDO | China finaliza preparativos para receber OMS e investigar origem do coronavírus

A China afirmou neste sábado (9.jan.2021) que está finalizando os preparativos para receber a comissão da OMS (Organização Mundial da Saúde) que investigará a origem do novo coronavírus em Wuhan. A organização criticou as autoridades chinesas pela demora em liberar a viagem.

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, declarou na 3ª feira (5.jan) que estava “muito decepcionado” com o governo da China por não ter concluído o processo de emissão de autorizações para a equipe de especialistas do órgão.

Assim que os especialistas concluírem os procedimentos e confirmarem o plano, iremos a Wuhan para acompanhar as investigações”, afirmou o vice-ministro da Comissão Nacional de Saúde chinês, Zeng Yixin.

De acordo com a OMS, a  China garantiu que permitirá que uma equipe de 10 pessoas vá a Wuhan para estudar as causas o surgimento da covid-19.

As autoridades chinesas se negaram a confirmar os detalhes da viagem. O país tenta se desvencilhar da responsabilidade pela pandemia. Em dezembro de 2020, a Academia Chinesa de Ciência, que pertence ao governo chinês, publicou um estudo indicando que o coronavírus pode ter surgido na Índia, em maio de 2019.

No mesmo mês, a mídia estatal da China publicou notícias que deturpavam falas de especialistas da OMS. Autoridades chinesas disseram que alimentos embalados no exterior podem ter levado o vírus ao país.

Com informações do Poder 360

ÚLTIMAS NOTÍCIAS