Mulheres em Campo encerra com excelentes resultados

Um grupo formado por oito mulheres produtoras rurais do município de Três Barras participou do Programa Mulheres em Campo, promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (FAESC), em parceria com o Sindicato Rural de Canoinhas. As atividades encerraram na última semana de agosto com uma feira, realizada em frente ao CRAS, para comercializar os produtos e colocar em prática os conhecimentos obtidos ao longo das atividades.

O Programa Mulheres em Campo atua com foco no empreendedorismo feminino no meio rural. As aulas são divididas em cinco módulos que integram assuntos como diagnóstico de propriedade, planejamento, levantamento de custos, comercialização e desenvolvimento pessoal e humano.

A instrutora do SENAR/SC, Cristiane Cruz dos Santos Nizer, explica que no início o grupo fez um estudo e um planejamento sobre mercados, produtos, capacidade produtiva, consumidores, fornecedores, concorrentes, vendas, entre outros aspectos. Em seguida foram trabalhados os custos de produção. Para isso, foi utilizada como exemplo uma fábrica de docinhos que serviu como base para verificar os custos (ingredientes, mão de obra, depreciação de máquinas e equipamentos etc). Depois de avaliar a viabilidade da empresa, o grupo aplicou os conhecimentos em seu negócio.

“Todas as participantes se ajudaram muito e, mesmo atuando na mesma área, não se viam como concorrentes. Teve muita amizade, ajuda e união. Os resultados foram positivos e elas mesmas se surpreenderam. Perceberam que são capazes e que não precisa ter medo”, avalia Cristiane ao comentar que foram abordados também aspectos relacionados ao desenvolvimento pessoal e as 10 características empreendedoras: bom relacionamento, curiosidade, busca de oportunidades e iniciativa, coragem, comprometimento, planejamento, persistência, estabelecimento de metas, superação e confiança em si.

As atividades contaram com o acompanhamento da supervisora do SENAR/SC na região norte, Carine Weiss, que também ressalta o quanto a iniciativa foi importante para que as mulheres desenvolvem habilidades de empreendedorismo.

A coordenadora estadual do programa, Nayana Setubal Bittencourt, explica que durante os encontros, as mulheres participam de dinâmicas e discussões em grupo, realizam atividades individuais e com a suas famílias e, por fim, promovem a feira para divulgar e comercializar seus produtos. “São 40 horas, divididas em cinco encontros de 8 horas e, para participar, é necessário entrar em contato com o Sindicato Rural do seu município”.

O superintendente do SENAR/SC, Gilmar Antônio Zanluchi, enfatiza que que a iniciativa surgiu justamente para incentivar o desenvolvimento de competências de gestão, visando ampliar o protagonismo feminino na administração das empresas rurais. “As mulheres têm uma visão mais detalhista que faz a diferença no resultado final”, destaca ao acrescentar que a participação feminina vem aumentando na gestão das propriedades rurais.

O presidente do Sistema FAESC/SENAR-SC, José Zeferino Pedrozo, também reforça que o programa é essencial para que as mulheres identifiquem mudanças que contribuem para o crescimento e desenvolvimento da produção e passem a olhar suas propriedades como empresas rurais. “Os resultados nos mostram que o programa está cumprindo seu papel”.

Reportagem: MB Comunicação Empresarial/Organizacional

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS