Mulher foragida da justiça há oito anos por tráfico internacional de medicamentos e drogas é presa

Uma mulher de 50 anos foragida da justiça do Rio Grande do Sul há quase uma década foi presa pela Polícia Civil quando estava homiziada em uma residência da Praia do Silveira, em Garopaba.

Ela era procurada pela polícia desde 2013 quando desapareceu depois de ganhar o direito de deixar a prisão e responder pelos crimes de falsificação de documento privado, tráfico internacional de medicamentos controlados e associação para o tráfico de drogas.

Detenção da criminosa foi realizada nesta segunda-feira (05), por volta das 16h, depois que policiais civis da Delegacia da Comarca de Garopaba trocaram informações com agentes da 2ª Delegacia de Polícia Civil de Gravataí (RS). Após os procedimentos legais, ela foi encaminhada para o presídio feminino de Tubarão.

Entenda o caso

Em agosto de 2008, a mulher foi presa, juntamente com seu companheiro da época, pelos  mesmos crimes. Após receber o benefício para responder o crime em liberdade, a mulher desapareceu, razão pela qual em 28 de março de 2013 houve a decretação de sua prisão preventiva e, desde então, ela passou a ser considerada foragida da justiça.

Com informações do Portal A Hora

ÚLTIMAS NOTÍCIAS