Morte de mulher ainda é cercada de mistério

A polícia continua investigando a morte da mulher, encontrada morta no bairro Passagem, em Tubarão, nessa segunda-feira.

Segundo o delegado responsável pelo caso, o marido e a mãe da vítima registraram um boletim de ocorrência, relatando o desaparecimento , horas antes de o corpo ser encontrado. “Eles não tiveram contato com a vítima no domingo e procuraram a delegacia para registrar o boletim na segunda, confirmando que ela estava desaparecida há pelo menos 24 horas”, explica o delegado Lucas Rezende.

O corpo  estava no rio Seco, entre a rua João Adolfo Corrêa e a rua Canadá, próximo ao antigo Clube São Geraldo. De acordo com os bombeiros, que foram acionados para retirar a vítima da água, a mulher estava com a cabeça coberta por uma sacola plástica e não portava documentos. O corpo não apresentava sinais de violência, e o laudo cadavérico deve ficar pronto ainda nesta semana.

“Estamos ouvindo testemunhas e familiares, fazendo levantamentos. Tudo nos leva a crer que se trata de um homicídio doloso, mas não estamos descartando nenhuma outra hipótese, até mesmo suicídio”, relata o delegado. Segundo a Polícia Militar, a mesma já havia procurado a polícia anteriormente para relatar crimes envolvendo vias de fato e a lei Maria da Penha.

DS

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS