Monitoras produzem máscaras de tecido nos Clubes de Mães em Forquilhinha

As monitoras dos Clubes de Mães de Forquilhinha estão produzindo máscaras de tecido para ajudar na prevenção ao coronavírus covid-19. O primeiro lote com 200 máscaras foi entregue aos servidores municipais que realizam atendimento ao público, e um outro lote com mais 300 máscaras está em produção para completar a distribuição na Prefeitura.

As máscaras são feitas com tecidos que estavam nos clubes e elásticos doados pelas empresas Vanelise e Duplo Sentido. “A sugestão partiu da primeira-dama e voluntária dos Clubes de Mães, Jane Santos, e da nossa presidente Veliane Dandolini em contribuir com o município que é parceiro da Associação. Aproveitamos a expertise das nossas monitoras para produzir este material importante no combate a proliferação do vírus”, declara a coordenadora do Clubes de Mães, Raquel Cunha.

Na Prefeitura de Forquilhinha, cada servidor recebeu duas máscaras de camada dupla para se proteger durante o atendimento. “Essas máscaras de tecido são reaproveitáveis, então nós distribuímos com uma orientação de como fazer a higienização correta. Apenas os profissionais da saúde não vão receber, pois eles precisam de máscaras descartáveis ou com proteção N95 para atender os enfermos”, disse a técnica em segurança do trabalho, Mageli Pereira de Sena.

A produção das máscaras vai continuar nos Clubes de Mães para atender outros setores da sociedade que precisam. A Organização Mundial da Saúde (OMS), visando controlar a pandemia de covid-19, orienta a utilização de máscaras de tecido para as pessoas comuns, pois elas impedem a disseminação de gotículas expelidas do nariz ou da boca do usuário no ambiente garantindo uma barreira física.

Filipe Casagrande – Assessoria de Imprensa Prefeitura de Forquilhinha

ÚLTIMAS NOTÍCIAS