Monitoramento registra morte de oito tartarugas em um único dia

Equipes do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) registraram na manhã desta terça-feira, 24, oito óbitos de tartarugas no trecho percorrido entre as praias de Laguna e Imbituba.

Segundo o programa, os animais de duas espécies diferentes estavam em avançado estado de decomposição e foram avistadas durante trabalho de rotina de campo. “Tratava-se de duas tartarugas cabeçudas (Caretta caretta) e seis tartarugas verdes (Chelonia Mydas)”, afirma a técnica de campo, Isadora Oreano Borges Duarte.

Não foi possível encaminhar elas para necropsia, pois o avançado estado de decomposição não permitiria coletar amostras úteis, mas foram removidos os úmeros para determinação de idade e os crânios para coleção científica. As carcaças foram devidamente descartadas nas praias para continuar com o ciclo da cadeia trófica.

 Este caso foi o recorde de tartarugas registradas em um único dia pela equipe da Udesc.

Saiba mais

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal, conduzido pelo Ibama, das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural na Bacia de Santos.

Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos. O projeto é realizado desde Laguna até Saquarema no Rio de Janeiro, sendo dividido em 15 trechos.

A UDESC monitora o Trecho 1 compreendido entre Laguna e Imbituba, e recebe animais para reabilitação e necropsia do Trecho 2, compreendido entre Imbituba e Governador Celso Ramos.

Caso encontre algum animal marinho vivo ou morto, entre em contato pelo telefone 0800 642 3341.

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS