Ministério da Saúde libera incentivo financeiro adicional para equipes de saúde

Uma portaria publicada na última semana (10) pelo Ministério da Saúde habilita municípios brasileiros a receberem incentivos financeiros adicionais para custear equipes de saúde integradas a programas de formação profissional no âmbito da Atenção Primária à Saúde.

Segundo o governo, o montante adicional de quase R$ 2,5 milhões, distribuídos aos municípios para a formação dos profissionais de medicina, odontologia e enfermagem voltada para a Atenção Primária à Saúde, é um meio de fortalecer a oferta de serviços e a qualificação da assistência à população.

O cálculo foi feito considerando o quantitativo de profissionais de medicina, enfermagem e odontologia vinculados a programas com situação regular na Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) ou na Comissão Nacional de Residência Multiprofissional em Saúde (CNRMS), cursando primeiro ou segundo ano, atuantes e cadastrados em equipes de Saúde da Família (eSF) ou equipes de Saúde Bucal (eSB) no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES).

Pela portaria, é responsabilidade de cada município a inclusão e atualização do cadastro dos profissionais em formação no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES) e nos sistemas de monitoramento das comissões de cada setor.

Os municípios contemplados com o crédito adicional estão descritos na portaria 1.739, de 10 de julho de 2020.

Reportagem: Jalila Arabi – Brasil 61

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mulheres são responsáveis por 60% das inscrições do Enem 2020

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) afirma que as mulheres correspondem a 60% das inscrições confirmadas para o Exame...

Mais da metade dos brasileiros não teria R$ 200 para uma emergência

Pesquisa PoderData fez a seguinte pergunta aos entrevistados: “Se você tivesse uma emergência e precisasse de R$ 200? Você teria esse dinheiro disponível?“. Só 40% dos...

Prefeitura do Rio autoriza público nos estádios a partir de outubro; CBF dará ‘voto final’

Apesar de estar testemunhando um aumento na média móvel de contaminados por coronavírus, a Prefeitura do Rio de Janeiro mantém à toda seu cronograma de...

Emissoras de rádio e TV estão proibidas de exibir conteúdos com alusão ou críticas a candidatos

Começou nesta quinta-feira (17) o período para que emissoras de rádio e televisão passem a observar as restrições ao conteúdo que transmitem sobre candidatos,...