Ministério da Saúde habilita quase 600 leitos de UTI

Quinze estados brasileiros, além do Distrito Federal, tiveram 592 leitos de UTI habilitados pelo Ministério da Saúde nesta semana. Para o custeio dos leitos, a pasta investirá cerca de R$ 85 milhões.

As portarias que autorizam a habilitação dos leitos de UTI foram publicadas nesta quarta-feira (6), em edição extra do Diário Oficial da União. Em coletiva de imprensa, o ministro da Saúde, Nelson Teich, afirmou que a autorização de funcionamento ocorre conforme a necessidade de cada estado.

“Nesta parte de cuidados a gente trabalha a entrega de leitos, EPIS e respiradores, por exemplo, nós mapeamos o que temos em estoque e o que vamos receber dos fornecedores. Assim, ajustamos a distribuição de acordo com a necessidade mais urgente dos estados”, disse Teich.

Apenas em Manaus, uma das capitais brasileiras com a situação mais crítica em relação à pandemia do novo coronavírus, 10 novos leitos foram habilitados. Com isso, o estado do Amazonas já possui 110 UTIs pelo Ministério da Saúde. Nesta semana, o ministro da Saúde foi a capital amazonense. Segundo ele, a visita foi de suma importância para conferir de perto a situação a qual cidade está passando.

“Foi importante a gente ter visitado Manaus, foi importante a gente conhecer a situação local, os profissionais, ver como as coisas estão funcionando”, afirmou o Ministro.

O pedido de habilitação para o custeio dos leitos Covid-19 é feito pelas secretarias estaduais ou municipais de saúde, que são as responsáveis por garantir a estrutura necessária para o funcionamento dos leitos. Já o Ministério da Saúde garante o repasse de recursos destinados à manutenção dos serviços.

Desde abril, já foram habilitados mais de 3,2 mil leitos, em 23 estados e no Distrito Federal. A diária de custeio das UTIs é de R$ 1,6 mil, isso porque no começo de abril o Ministério da Saúde dobrou o custo diário dos leitos, em caráter excepcional.

Para mais informações sobre a Covid-19, acesse coronavirus.saude.gov.br.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Freiras brasileiras são sequestradas por terroristas em Moçambique

Duas freiras brasileiras foram feitas reféns por 24 dias por extremistas islâmicos em Moçambique, na África. Ambas já foram liberadas, mas em estado de...

Pescaria Brava | Pacientes crônicos serão testados

Após os mais de 1,5 mil idosos acima de 60 anos de Pescaria Brava serem testados para o novo coronavírus, a secretaria de Saúde...

Profissionais do setor de eventos farão manifestação nesta terça-feira em Criciúma

Profissionais do setor de eventos do Sul do Estado farão uma manifestação nesta terça-feira (21), em Criciúma, pedindo que sejam ouvidos pelas autoridades governamentais...

Em SP, rede pública volta a partir de 7 de outubro

O Governo do Estado de São Paulo decidiu que as aulas presenciais da rede pública de ensino serão retomadas no dia 7 de outubro....