InícioSegurançaMais de 170 policiais atuam em operação contra o tráfico

Mais de 170 policiais atuam em operação contra o tráfico

Sete pessoas foram presas e uma grande quantidade de entorpecentes foi apreendida durante a megaoperação Hidra, realizada ontem, contra o tráfico de drogas na região.

De acordo com as polícias Civil e Militar, o objetivo foi desarticular uma organização criminosa de Braço do Norte, mas com atuação em municípios vizinhos. Ao todo, foram cumpridos 24 mandados de busca e apreensão e seis de prisão em Braço do Norte, Tubarão, São Ludgero, Armazém, Laguna, Palhoça e São Pedro de Alcântara. Mais de 170 agentes integraram a ação.  Foram utilizadas mais de 70 viaturas para o deslocamento do efetivo.

Os trabalhos investigativos tiveram início há um ano. Segundo a Polícia Civil, os acusados têm ligação com uma facção criminosa catarinense. Dois dos líderes do grupo estão presos na Grande Florianópolis e comandavam os integrantes locais com ordens de dentro das unidades. “Eles recebiam visitas íntimas de mulheres que levavam um celular e fotografavam cartas com as ordens. Depois, essas ordens eram repassadas aqui na região. Era uma estrutura bastante organizada e complexa, com pessoas responsáveis pelo financeiro, pelo tráfico, pela busca das drogas. O lucro era dividido entre a facção, os líderes, os gerentes, subordinados e assim por diante”, explica a delegada regional de Braço do Norte, Jucines Ferreira.

Durante a operação, drogas, armas, munições e diversos celulares também foram apreendidos. “Será feita a análise dos conteúdos e, com essas informações em mãos, outros desdobramentos deverão ocorrer. Além disso, o Ministério Público já aceitou e denunciou 26 indiciados pelas participações nos crimes de tráfico de drogas, corrupção de menores, posse e porte de arma, além de organização criminosa e lavagem de dinheiro”, conta a delegada.

F. DS