Mais da metade dos brasileiros não teria R$ 200 para uma emergência

Pesquisa PoderData fez a seguinte pergunta aos entrevistados: “Se você tivesse uma emergência e precisasse de R$ 200? Você teria esse dinheiro disponível?“. Só 40% dos entrevistados disseram ter a quantia. A maior parte (55%) disse que não. Outros 5% não souberam responder.

A pesquisa revela 1 retrato do estado financeiro da sociedade. Foi realizada pelo PoderDatadivisão de estudos estatísticos do Poder360. A divulgação do levantamento é realizada em parceria editorial com o Grupo Bandeirantes.

Os dados foram coletados de 14 a 16 de setembro, por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 2.500 entrevistas em 459 municípios, nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. Saiba mais sobre a metodologia lendo este texto.

© Fornecido por Poder360

A situação econômica do país se agravou nos últimos meses com a pandemia de covid-19, que, além de consequências na saúde, impactou também as finanças dos brasileiros.

taxa de desemprego atingiu 14,3% na 4ª semana de agosto, aumento de 1,1 ponto percentual em relação à semana anterior. Ao todo, 13,7 milhões de pessoas estão à procura de trabalho no Brasil.

Para tentar mitigar os danos, o governo propôs e o Congresso aprovou 1 auxílio emergencial para os brasileiros mais pobres. Primeiro, foram distribuídas 3 parcelas de R$ 600. Depois, foram liberadas outras duas com o mesmo valor. No começo do mês (1º.set), o governo prorrogou o programa até o fim do ano, com mais 4 partes de R$ 300.

HIGHLIGHTS DEMOGRÁFICOS

PoderData separou recortes para as respostas à pergunta sobre os R$ 200 para emergências. Foram analisados os perfis por sexo, idade, nível de instrução, região e renda.

Entre as mulheres, 61% disseram que não teriam essa quantia. Praticamente 7 a cada 10 jovens de até 24 anos também afirmam não ter R$ 200 para emergência. Já entre os mais velhos, com 60 anos ou mais, 59% disseram que teriam o dinheiro.

Leia a estratificação completa no infográfico abaixo:

© Fornecido por Poder360

R$ 200 X avaliação de Bolsonaro

A proporção dos que não teriam o dinheiro para emergências é menor entre os que avaliam o presidente Jair Bolsonaro como “ótimo” ou “bom”. No grupo do “regular”, apenas 28% disseram ter o valor.

© Fornecido por Poder360

DINHEIRO PARA O FUTURO

PoderData também indagou os entrevistados sobre o acúmulo de recursos para o futuro.

O levantamento mostra que 68% dos brasileiros não guardam dinheiro. Outros 22% têm reservas, seja na poupança, em investimentos ou simplesmente com economias pessoais. E 10% preferiram não responder.

© Fornecido por Poder360

HIGHLIGHTS DEMOGRÁFICOS

Os mais ricos, que recebem acima de 10 salários mínimos, são também os que mais guardam dinheiro para o futuro. São 85% os que fizeram essa afirmação.

Do outro lado, 8 a cada 10 desempregados e/ou sem renda fixa não têm essa preocupação ou não possuem recursos suficientes para guardar. A taxa também é alta no Nordeste, onde 79% disseram não poupar dinheiro.

Leia os recortes por sexo, idade, nível de instrução, região e renda:

© Fornecido por Poder360

Poupança X avaliação de Bolsonaro

Os que avaliam negativamente o trabalho do presidente (ruim+péssimo) também são os que mais guardam recursos para o futuro: 57% fizeram essa afirmação.

Do grupo dos que consideram Bolsonaro “regular”, 77% disseram não poupar dinheiro.

© Fornecido por Poder360

PODERDATA

Leia mais sobre a pesquisa PoderData:

O conteúdo do PoderData pode ser lido nas redes sociais, onde são compartilhados os infográficos e as notícias. Siga os perfis da divisão de pesquisas do Poder360 no Twitter, no Facebook, no Instagram e no LinkedIn.

Informações deste post foram publicadas antes pelo Drive, com exclusividade. A newsletter é produzida para assinantes pela equipe de jornalistas do Poder360. Conheça mais o Drive aqui e saiba como receber com antecedência todas as principais informações do poder e da política.

Esta informação é do site: Poder 360/Reportagem/Rafael Barbosa

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Gruta de acesso as localidades do interior de Orleans está sofrendo invasão de furto de flores

As caminhadas costumam começar bem cedinho principalmente nos fins de semana e feriado, e seguem até por volta das 16h já que escurece cedo,...

Morre voluntário brasileiro de testes de Oxford; empresa não diz se ele tomou vacina ou placebo

SÃO PAULO - Um voluntário brasileiro da pesquisa da vacina contra a covid desenvolvida em parceria pela Universidade de Oxford com a farmacêutica AstraZeneca morreu por complicações da covid-19. Não se...

Núcleo Jovem de Içara lança canal no YouTube com Talk sobre marketing nesta quinta-feira

O Núcleo Jovem da Associação Empresarial de Içara vai estar presente também no YouTube a partir desta semana. A primeira participação na plataforma de...

Com lojas fechadas por 26 dias em meio à pandemia, varejo de Criciúma precisou de reinventar

"Presidente da CDL, Andréa Salvalággio, compartilhou aprendizados no Alfa Talk desta semana". Desaprender para reaprender. A máxima de muitos setores durante a pandemia não foi...