Laguna | Consórcio deve assumir conta de energia elétrica da Ponte Anita Garibaldi

O prefeito de Laguna, Mauro Candemil (MDB), salientou, nesta terça-feira, 7, que está considerado no contrato assinado de concessão da BR-101, o consumo de energia elétrica da ponte Anita Garibaldi na praça de pedágio. A cidade terá um pedágio no KM 298, na divisa com Imbituba.

Sobre o consumo de energia até os dias atuais, Candemil disse que aguar decisão do STF. “Estamos aguardando a decisão do Superior Tribunal Federal. Solicitamos que o custo da responsabilidade do pagamento do consumo não seja debitado à prefeitura, mas sim de responsabilidade do governo federal”, explica.

Nos argumentos apresentados pela procuradoria do município, Laguna argumenta que, além de não ter disponibilidade financeira e orçamentária para suportar os custos da iluminação, entende que essa responsabilidade é da União, por meio do Departamento Nacional (DNIT), em razão da inexistência de interesse local.

O valor mensal da iluminação da Ponte Anita Garibaldi gira em torno de R$ 6 mil.

A ponte foi inaugurada em 15 de julho de 2015.

Com informações da Revista Única

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Polícia Militar apreende cerca de 250 quilos de cocaína em Navegantes

Na madrugada de quarta-feira (16), por volta das 2h, policiais militares de Navegantes e Itajaí prenderam três homens por tráfico de drogas e associação...

PMSC lança campanha “Doe carinho, doe um brinquedo”

Neste mês de setembro, a Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) iniciou a campanha de arrecadação de brinquedos que serão destinados à instituições de...

MEC promete protocolo e R$ 525 milhões para retorno às aulas presenciais

BRASÍLIA – O ministro da Educação, Milton Ribeiro, disse nesta quinta-feira, 17, que a pasta irá distribuir R$ 525 milhões a escolas para preparar o...

Funerária Zapelini informa o falecimento do Sr. José Carlos Mattos

Faleceu hoje dia (18) ás 4:15  no hospital Santa Otília de Orleans aos 56 anos o senhor José Carlos Mattos, deixa esposa, 3 filhos...