Jovens que completam 18 anos este ano têm até junho para fazer alistamento militar

Jovens do sexo masculino que completem 18 anos em 2020 têm até o dia 30 de junho para realizar o processo de alistamento militar. A inscrição é feita totalmente pela internet.

O Ministério da Defesa (MD) divulgou que a expectativa é que até 2 milhões de jovens se apresentem junto à Forças Armadas, e ao menos 100 mil deles devem ser incorporados aos quadros das corporações militares do país.

Caso o adolescente não tenha acesso à internet, tenha dificuldade, ou não possua CPF, pode procurar a Junta Militar municipal para que possa fazer o alistamento. Para isso, deve levar em mãos a certidão de nascimento e documento com foto e o comprovante de residência.

Como fazer

O alistamento militar é válido para os jovens que completam 18 anos em 2020 (nascidos em 2002) ou que não tenham feito o processo nos anos anteriores. Para fazer a inscrição é preciso acessar este site e informar o número do CPF.

Caso o alistamento não possa ser feito via online, o procedimento pode ser realizado na Junta Militar, com o jovem apresentando os seguintes documentos (válido para àqueles que não possuem CPF):

  • Certidão de nascimento ou no caso de brasileiro naturalizado ou por opção, a prova de naturalização ou certidão do termo de opção (prova equivalente);
  • Comprovante de residência ou declaração assinada; e
  • Documento oficial com fotografia (carteira de identidade; carteira de trabalho; carteira profissional; passaporte; carteira de identificação funcional; ou outro documento público) que permita sua identificação, caso necessário.

Após o prazo de 30 de junho, quem completa ou completou 18 anos este ano e não fez o alistamento, só poderá realizar o processo em 2021. Terminado o recrutamento pela internet, o adolescente deve ficar atento ao sistema do Exército onde, após um mês, será divulgada a data para comparecer à inspeção médica.

A inspeção médica, procedimento necessário em Laguna, é realizada na sede da Delegacia Capitania dos Portos na cidade. Se o jovem for dispensado, deve comparecer à Junta para retirar seus certificados de dispensa e caso seja incorporado às fileiras das Forças Armadas, tem de se apresentar à unidade militar especificada posteriormente para cumprimento do serviço militar. O certificado é um documento importante, e a ausência dele pode impedir a contratação do adolescente em funções públicas ou empregos privados.

O tempo de permanência na Marinha, Exército ou Aeronáutica é de um ano, podendo ser ampliado posteriormente se o jovem tiver interesse em continuar servindo militarmente. O jovem tem até 90 dias para retirar seu certificado na Junta, terminado esse prazo, o documento será encaminhado para destruição, conforme normas da Diretoria de Serviço Militar.

Redação Olhar do Sul

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Confira seu horóscopo de hoje e tenha dicas importantes para o seu dia

O CAMINHO DOS ASTROS 52 Mens sana in corpore sano “ Existem apenas dois segmentos que chamam seus clientes de                           usuários, o trafico e a internet”. O...

Trabalhando de casa, Boris Casoy é demitido da RedeTV! aos 79 anos

O jornalista, Boris Casoy, de 79 anos, apresentador do “RedeTV News”, não está mais no quadro de funcionários da RedeTV!. Na manhã desta terça-feira, 29, ele...

Disney vai demitir cerca de 28 mil funcionários dos parques temáticos

Nesta terça-feira, 29, a Walt Disney Company comunicou a demissão de cerca de 28 mil funcionários que trabalham nos parques temáticos, demonstrando a devastação que a covid-19 causou...

Primeira vacina contra o coronavírus desenvolvida inteiramente no Brasil avança rumo aos testes necessários para aprovação

A vacina que visa prevenir a infecção por Covid-19, desenvolvida pela empresa brasileira de biotecnologia Farmacore, em parceria com a PDS Biotechnology Corporation, acaba de receber...