Jovem de Curitiba está desaparecida desde o dia 15 de outubro

A jovem Amanda Albach, de 21 anos, foi vista pela última vez em uma famosa balada da Praia de Jurerê, em Florianópolis. A informação foi confirmada à Banda B nesta terça-feira (23), pelo advogado que representa a família dela, Michael Pinheiro.

Amanda está desaparecida desde o último dia 15 de outubro, quando avisou a família que estava em Imbituba e retornaria para Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba, com um carro de aplicativo.

Segundo Pinheiro, Amanda deixou uma empresa de telemarketing de Curitiba há cerca de três meses e, desde então, falou com a mãe que estava trabalhando como promotora de vendas em Santa Catarina.

“Ela sempre ficava de três a cinco dias, mas nunca deixava de dar notícias. Dessa vez, soubemos que ela foi até essa festa em Jurerê, onde esteve com um casal e um rapaz. A partir de então, não se teve mais notícias da Amanda”, descreve.

O boletim de ocorrência foi registrado em Imbituba, cidade onde a jovem estaria na última comunicação com a mãe. Como ela foi vista em Florianópolis, é possível que a investigação fique a cargo da Polícia Civil da capital.

Amanda tem uma filha de dois anos e, segundo a família, sempre entrava em contato para saber como a pequena está.

Nesse momento, as polícias civis de Santa Catarina e Paraná trabalham conjuntamente. O advogado já fez o pedido para quebra dos sigilos bancário e telemático para apurar onde a jovem pode ter estado.

Sem pistas

O irmão de Amanda, Diego Albach, conta que ela nunca fez nada assim, o que deixa tudo muito estranho.

“Hoje eu vi pessoas dizendo que o celular dela está no interior no Paraná, o que não é verdade. Se tivesse qualquer informação, eu não teria problema em dizer”, garantiu.

Qualquer detalhe sobre o paradeiro de Amanda pode ser repassado pelo telefone (41) 3608-7200.

Com informações do Portal A Hora

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS