Jacinto Machado sedia 1º Fórum do Maracujá na quarta-feira, 5 de fevereiro

No dia 5 de fevereiro a Epagri e a Cooperja promovem em Jacinto Machado o 1º Fórum do Maracujá e a 3ª Abertura oficial da colheita do maracujá em Santa Catarina. O evento vai reunir produtores, técnicos, atacadistas e outros membros dessa cadeia produtiva para discutir importantes temas, com foco na exportação da fruta para abertura de novos mercados. O evento começa às 10h30min e a participação é gratuita.

O Fórum será formado por três mesas redondas. O consultor Guilherme Sander vai falar sobre desafios produtivos e certificação, tendo como exemplo a produção de maçã para exportação. A conservação em pós-colheita do maracujá é o tema a ser abordado por Renar João Bender, professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). A terceira mesa redonda vai discutir os desafios logísticos para exportação da fruta, sob coordenação do técnico da Cooperja Rodrigo Veiga.

O evento acontece no auditório do campo agroacelerador. As inscrições, gratuitas, podem ser feitas no site da Cooperja, na Loja Agropecuária ou num Escritório da Epagri. A organização espera público do Sul catarinense e de outras regiões do Estado e do Brasil.

Importância

O maracujá é uma cadeia produtiva que vem ganhando cada vez mais importância no Sul de Santa Catarina, onde cerca de 700 famílias agricultoras cultivam a fruta. A expectativa é de que a safra atual fique entre 60 e 70 toneladas na região, número superior ao ano passado. A colheita iniciou em dezembro e segue até início de junho.

Diego Adilio da Silva, extensionista rural da Gerência Regional da Epagri em Criciúma, conta que a quantidade de maracujá colhido no Sul de Santa Catarina vem aumentando a cada safra, a despeito da virose do endurecimento do fruto, doença que atacou os pomares nos últimos anos e afetou gravemente a produção em outras regiões do Estado e até no Brasil. Uma série de recomendações repassadas pela Epagri e acatadas por toda a cadeia produtiva do maracujá no Sul do Estado permitiu a convivência com a doença e o sucesso dos cultivos na região.

Santa Catarina é reconhecida nacionalmente por produzir o melhor maracujá do Brasil. O tamanho e formato da fruta, bem como a qualidade da polpa, se destacam das produzidas em outros Estados. A produção catarinense é praticamente toda comercializada em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Distrito Federal e Porto Alegre. Com o Fórum, a Epagri e a Cooperja pretendem expandir esse mercado, alcançando outros países.

Serviço

  • O que: 1º Fórum do Maracujá e a 3ª Abertura oficial da colheita do maracujá em Santa Catarina
  • Quando: dia 5 de fevereiro, quarta-feira, as partir das 10h30min
  • Onde: em Jacinto Machado, no auditório do Campo Agroacelerador
  • Informações e entrevistas: Diego Adilio da Silva, extensionista rural da Gerência Regional da Epagri em Criciúma, pelos fones (48) 99912-3009 / (48) 35290306

Assessoria de Comunicação | Gisele Dias, jornalista | Isabela Schwengber

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FORQUILHINHA | Com o agravamento da pandemia, está cancelada a programação de Natal

"A organização decidiu pelo cancelamento após nova matriz de risco colocar a Amrec em nível gravíssimo de contaminação". A programação de Natal de 2020 está...

Lotérica Orleans informa: Mega-Sena sorteia R$ 3 milhões amanhã sábado (28/11)

A Mega-Sena terá o último sorteio de novembro amanhã sábado (28).  O sorteio será realizado às 20h (horário de Brasília), no espaço Loterias Caixa...

Região sul terá 21 cursos gratuitos do Senar/SC em dezembro

Durante todo mês de dezembro, os produtores da região sul catarinense receberão 21 cursos gratuitos em 13 municípios. As capacitações são promovidas pelo Serviço Nacional de...

Defesa Civil Nacional repassa R$ 1,78 milhão para apoio a três estados

"Recursos federais são destinados a municípios do Rio de Janeiro, Bahia e Santa Catarina atingidos por chuvas fortes e vendavais". Brasília-DF, 26/11/2020 – O Ministério...