Imbituba: Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra uma pessoa investigada por suposta prática de estupros de crianças e adolescentes

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Polícia de Imbituba, deu cumprimento, nesta sexta-feira (15), a um mandado de prisão contra uma pessoa residente no município, buscando garantir a efetividade de investigação criminal deflagrada para apurar crimes de estupro de vulnerável, assédio sexual e importunação sexual cometidos contra crianças e adolescentes.

Presidido Delegado Nicola Patel Filho, o inquérito que busca apurar os fatos está em andamento e será efetuada a oitiva especializada por Psicólogo Policial, tomando depoimentos de testemunhas e outras diligências.

Portanto, para não expor as vítimas, e o acusado enquanto não houver total comprovação de sua culpa em julgamento com amplo direito à defesa, evitando assim qualquer tipo de possível injustiça, a Polícia Civil não divulgou detalhes sobre a identidade do acusado, bem como do bairro em que reside.

“Não se quer aqui criar um novo “caso Escola Base”, cuja exposição de supostos autores de crimes semelhantes ao ora apurado resultou em graves prejuízos a suas imagens. No entanto, o caráter preventivo da informação exige que a sociedade tenha conhecimento que esses fatos ocorrem e devem ser denunciados à Polícia Civil, que vem cumprindo seu papel em apurar esses crimes altamente repudiados”, comenta o Delegado Nicola Patel Filho.

Citado por delegado, caso Escola Base enterrou socialmente os envolvidos

O Caso Escola Base começou em março de 1994, em São Paulo (SP). Os donos de uma escola infantil, bem como o motorista do transporte escolar e um casal de pais de um aluno, foram acusados por duas mães de abuso sexual.

Foi na 6ª Delegacia de Polícia, na zona sul de São Paulo (SP), que a queixa foi prestada contra a Escola de Educação Infantil Base. Ao comparecer à delegacia para obter mais detalhes da acusação, os donos da escola já começaram a sentir o abuso das autoridades.

Sem maiores provas, porém, com a cobertura da imprensa junto à conduta precipitada da polícia, o conhecido Caso Escola Base recebeu grande repercussão. Embora nenhuma prova de abuso sexual tenha sido encontrada – apenas a denúncia – a credibilidade da Escola de Educação Infantil Base começou a ruir.

escola base 01
A credibilidade da Escola Infantil Base começou a ruir

A notícia foi veiculada no Jornal Nacional, da Rede Globo. A mídia, no geral, sensacionalizava o fato, explorando o sofrimento das mães e deixando de lado a ética jornalística.

Atenta-se que, até esse momento, os suspeitos sequer haviam prestado depoimento à polícia. A pressão da imprensa foi tanta que Richard, um americano que não possuía qualquer ligação com o caso, foi preso, ainda que tenha sido solto 9 dias depois.

Somente em junho do mesmo ano, o delegado Gérson de Carvalho inocentou os acusados envolvidos e o inquérito policial foi arquivado. Porém, a imprensa já havia culpabilizado todos eles, embora tenha iniciado a sua série de retratações – nunca na mesma potência – focando nas verdadeiras vítimas.

Nesse momento, os danos já haviam sido feitos e os acusados tiveram suas reputações destruídas.

A indenização, assinada pelo governador Mário Covas, que o Estado de São Paulo deveria pagar aos seis acusados era de R$ 457 mil. A Rede Globo deveria pagar cerca de R$ 1,35 milhão aos donos e o motorista da Escola Base, porém entrou com recurso.

O caso tornou-se referência obrigatória nas discussões em cursos de Direito e Jornalismo. O jornalista Alex Ribeiro escreveu sobre no livro “Caso Escola Base: Os abusos da  imprensa”, lançado em 2003.

Com informações do portal A Hora

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ministro da Saúde diz a senadores que pode avaliar mudanças em portaria sobre aborto legal

BRASÍLIA - O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou que vai avaliar sugestões de mudanças na portaria que obriga médicos a notificarem a polícia ao atenderem vítimas...

Para evitar aglomeração, 16ª Caminhada do Coração será realizada de forma especial

"Entre os dias 21 e 28 de setembro, o Hospital Cardiológico Costantini convida a população a caminhar, seguindo as recomendações de distanciamento social das...

Santa Catarina | Recicla mais de 45 mil toneladas de resíduos de peixes ao ano

A indústria da pesca representa uma importante parcela da economia catarinense. De acordo com dados da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e...

Desenvolvimento de pesquisas sobre mercúrio são tema central de projeto entre Satc e Copel

Pesquisadores da Satc e da Copel Geração e Transmissão, subsidiária da Companhia Paranaense de Energia, estão iniciando os estudos para avaliar as emissões de...