I Expo Internacional Dia da Consciência Negra exigirá passaporte de vacina para entrada no evento

Crianças menores de 12 anos deverão apresentar teste do tipo PCR negativo para a Covid-19 com até 48 horas de antecedência ou antígeno realizado até 24 horas antes do ingresso

A 1ª Expo Internacional Dia da Consciência Negra será realizada de 20 a 22 de novembro no Anhembi, zona norte de São Paulo. De acordo com os protocolos sanitários estipulados na Resolução Estadual nº 166, de 4 de novembro de 2021, as pessoas com mais de 12 anos terão que apresentar comprovante do esquema vacinal completo contra a covid-19.

Aqueles que receberam apenas a primeira dose e menores de 12 anos deverão apresentar teste do tipo PCR negativo com até 48 horas de antecedência, ou antígeno realizado em até 24 horas antes do evento.

Marcando o Dia (20/11) e o Mês da Consciência Negra, a Expo terá uma abordagem inédita para difundir a história e a cultura africana e afro-brasileira. Ao promover uma ponte entre passado, presente e futuro, o evento discutirá as raízes e permanências do racismo estrutural.

Além da exposição cultural, o evento trará especialistas e autoridades do Brasil e de outros países para debates sobre diversos âmbitos do racismo estrutural. Também haverá uma programação dedicada às potencialidades de negócios com países africanos.

“Vamos apresentar o protagonismo da população negra e as lutas travadas ao longo do tempo pela emancipação e pela liberdade plenas, contando a história que não está nos livros”, explica Adriana Vasconcellos, coordenadora da política pública “São Paulo, Farol de Combate ao Racismo Estrutural” e responsável pela curadoria da Expo.

A secretária municipal de Relações Internacionais, Marta Suplicy, explica que a política “São Paulo, Farol de Combate ao Racismo Estrutural” incidirá na formação de professores e na atuação das escolas da cidade de modo que se passe a formar pessoas não racistas. “A 1º Expo Internacional da Consciência Negra é parte disso, pois acontece para dar visibilidade à pauta antirracista desenvolvida em São Paulo”, pontua.

A Expo também evidencia essa intenção educadora nas áreas de entretenimento voltadas ao público infantil, trazendo jogos e brincadeiras de raízes africanas e uma experiência de empoderamento da identidade negra.

Serviço:

Data: 20, 21 e 22 de novembro.

Local: Pavilhão Oeste do Anhembi (Av. Olavo Fontoura, 1.209, Santana, São Paulo)

Programação

20/11

10h, Abertura Reconhecimento – Combate ao Racismo entre presente, passados e futuros com Irene Vida Gala, Elisa Lucas, Kenia Maria, Judith Morrison, Edna Roland, Adriana Vasconcellos e Marta Suplicy

11h30 Museus, Cultura e Educação – uma conversa entre o Museu Afro-Brasil e o Museu Nacional de História e Cultura Afro-Americana com Siméia Mello, Kendely Oliveira, Paul Gardullo e Dr. Dwandalyn Reece.

14h – Mesa 1 – Passado: Reescrever o passado, pensar o presente e imaginar futuros pela literatura com Lilia Schwarcz, Itamar Vieira e Rosane Borges

16h – Mesa 2 – Presente: Ocupando todos os lugares – raça, gênero e território no mercado de trabalho e na mídia com Mafoane Odara, Adalberto Neto, Urenna Best (Panamá) e Preto Zezé. Mediação de Thais Bernardes.

17h30 – Mesa 3 – Futuro: Empreender e reinventar: decodificando o futuro por uma perspectiva afrodiaspórica com Niousha Roshani (Costa do Marfim), Jaqueline Góis, Hélio Santos. Mediação de Adriana Vasconcellos

18h30 – V Prêmio Àse-Isese

19h Shows Xande de Pilares e Leci Brandão Rael convida Rashid, Drik Barbosa e Bixarte

21/11

10h – Mesa 4 – Passado: Resgatando e Preservando tradições africanas pela saúde, cultura e educação com Katiúscia Ribeiro, Leila Rocha e Oba Kabiesy Adekunle Aderonmu. Mediação de Joyce Ribeiro

11h30 – Justiça, racismo e sistema carcerário: dos velhos problemas aos desafios da Tecnologia com Babyi Querino, Roberto Tardelli e Dora Cavalcanti. Mediação de Eunice Prudente

14h – Mesa 5 – Presente: Cultura, Internet e Tecnologia no combate ao racismo e na

garantia de direitos com Silvio Almeida, Neon Cunha, Egnalda Côrtes e Viviane Ferreira. Mediação de Joana Raphael (OMPIR, Niterói)

16h – Mesa 6 – Futuro: Abrindo outros caminhos: economia, sustentabilidade e políticas

Afrofuturistas com Nina Silva (Black Money), Armelle Cibaka (ICLEI), Roberto Rojas (OEA) e Katyna Argueta (PNUD). Mediação de Jonathan Raymundo

19h – Shows

Black Rio + Carlos Dafé – Show Gerson King Combo

Sandra de Sá e Dexter

22/11

10h – Desenvolvimento – Perspectivas para uma economia antirracista com Natália Dias (Standar Bank), Luana Ozemela (Roots Fund), Rui Mucaje (Afrochamber) e Marta Suplicy (SMRI)

13h- Afrominuto Premiação em parceria com Secretaria Municipal de Educação

14h -Show Mc Sofia

15h -Webinário – possibilidades de intercâmbio no Canadá

16h -Premiação – Selo de Igualdade Racial 18

18h- Encontro de Tambores

19h- Bateria Escola de Samba

Com informações da assessora: Lisandra Martins – coordenadora nacional de assessoria de imprensa/ Partners Comunicação – (11) 97222-5529

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS