InícioSegurançaHomem é condenado a 27 anos de prisão por feminicídio da ex-companheira...

Homem é condenado a 27 anos de prisão por feminicídio da ex-companheira no sul de SC

O Tribunal do Júri da comarca de Santa Rosa do Sul, em sessão na última quarta-feira (26/4), condenou um homem, por homicídio quadruplamente qualificado e fraude processual, à pena de 27 anos de reclusão, além de pena de detenção. O crime aconteceu em dezembro de 2021, no município de Passo de Torres.

Segundo a denúncia do Ministério Público, o casal estava separado há um mês quando o réu ingressou na residência da vítima sem que ela soubesse e lá permaneceu até sua chegada, ao que foi surpreendida e asfixiada. Antes do crime, ele teria visto a mulher em uma casa noturna na companhia de outro homem. Além disso, ele teria alterado a cena do crime com o fim de induzir a erro o juiz e o perito em processo penal, pois a vítima foi encontrada com um lençol envolto em seu pescoço, simulando a ocorrência de um suicídio.

O réu foi condenado à pena de 27 anos de reclusão em regime fechado, pelo crime de homicídio quadruplamente qualificado por motivo torpe, emprego de asfixia, emboscada e recurso que dificultou a defesa da ofendida e feminicídio, além de seis meses de detenção pelo crime de fraude processual. Preso desde dias após os fatos, quando confessou o crime, ele teve negado o direito de recorrer em liberdade. O processo tramita em segredo de justiça. Da decisão cabe recurso ao TJSC.