Hábito irresistível de cheirar livros ganha finalmente uma explicação científica

Se para a maioria de nós os livros são objetos a serem adorados e devorados com os olhos, através das histórias ou do conhecimento que oferecem, para alguns eles antes devem ser sentidos pelo nariz – pelo olfato por conta do singular (e irresistível) aroma que possuem. Se você é uma dessas pessoas que começa uma leitura pelas narinas, não se preocupe: a ciência explica essa inevitável obsessão de cheirar qualquer página, nova mas principalmente as maios antigas, antes de começar a ler. Como em quase tudo, a resposta está na química – e o cientista inglês Andy Brunning publicou um estudo para explicar o que há no perfume peculiar dos livros.

Segundo Brunning, nos livros novos o caso é mais complicado de determinar com precisão a origem do odor: são centenas de compostos envolvidos na produção das páginas mas, para ele, três elementos seriam as fontes mais fortes do cheiro: as tintas, o adesivo usado na encadernação dos livros, e o próprio papel, assim como os produtos químicos utilizados em sua fabricação. No caso dos livros antigos, porém, o processo de envelhecimento e, assim, de liberação do tão característicos odor dos livros mais velhos, é mais fácil de ser compreendido e determinado – com traços de baunilha, amêndoa e cheiros doces como de flores.

© Flickr

O processo sucede a partir do desgaste da celulose e da lignina contidas no papel com o tempo – que provoca o amarelecimento das páginas e a liberação dos elementos orgânicos que provocam o tal cheiro. Além da baunilha, assim surge o benzaldeído (que mais parece um perfume de amêndoa), o etilbenzeno e etilhexanol, que provocam cheiros doces parecidos com o perfume de algumas flores. A qualidade mais elevada do papel utilizado nos livros mais novos, se por um lado garantem uma longevidade maior às publicações, inibem a liberação desses componentes – e a produção do cheiro irresistível para tantos dos livros antigos.

© Getty Images

E se você não costuma frequentar sebos, mantém toda sua biblioteca em formato digital com os e-books, mas sente saudade do perfume dos livros, não se preocupe: o cheiro já foi engarrafado, e é vendido em spray: só tome cuidado para não encharcar seu kindle, e boa leitura.

© Getty Images

Vitor Paiva : Redação Hypeness

Foto :© Shutterstock

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Monitoramento registra morte de oito tartarugas em um único dia

Equipes do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) registraram na manhã desta terça-feira, 24, oito óbitos de tartarugas no trecho percorrido...

19ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis

Até o dia 28 de novembro acontece a 19ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis (SC). O evento conta com o patrocínio da Statkraft Brasil. Os filmes serão...

MUNDO | Emergência climática revela cadáveres ‘enterrados’ em geleiras

O aquecimento global tem dado sinais um tanto macabros de sua ação na natureza. As temperaturas mais altas têm revelado nas geleiras da Suíça...

Povos indígenas poderão ser incluídos na rede socioassistencial do Brasil

As famílias de povos indígenas foram inclusas, pelo Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS), nos serviços e benefícios ofertados pela rede socioassistencial. A inclusão...