Grávida morre depois de usar medicação para abortar e namorado é preso

Uma jovem de 20 anos morreu depois de usar uma medicação para abortar nesta terça-feira (26), em Votorantim, São Paulo. De acordo com o G1, a moça estava grávida de sete meses. Por isso, o namorado dela, de 22 anos, foi preso em flagrante suspeito de ter participado da ação.

A jovem foi achada morta pelos pais na casa onde morava, na Vila Dominguinho.

A família contou à polícia que estranhou quando o alarme da jovem começou a tocar e ela não o desligava. Sendo assim, eles resolveram entrar no quarto e a encontraram morta.

Antes de morrer, a jovem chegou a relatar algumas dores e mal estar ao namorado por meio de mensagens. No entanto, o rapaz pediu para que ela não contasse aos pais e que eles “resolveriam no dia seguinte”.

Reportagem da redação da ISTOÉ

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS