Governo transfere Pis a FGTS e permite saque

O governo extinguiu o fundo PIS-Pasep e autorizou o saque temporário de até R$ 1.045 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Ao extinguir o Fundo dos Programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), o governo transferiu seu patrimônio para o FGTS. A extinção será a partir do dia 31 de maio de 2020.

A MP diz que “fica preservado o patrimônio acumulado nas contas individuais dos participantes do Fundo PIS-Pasep”. E diz que será permitido o saque das contas vinculadas individuais de origem PIS ou Pasep mantidas em nome do trabalhador.

A Caixa cadastrará as contas vinculadas de titularidade dos participantes do Fundo PIS-Pasep necessárias ao recebimento e à individualização dos valores transferidos, devidamente marcadas com identificador de origem PIS ou Pasep, e definirá os padrões e os demais procedimentos operacionais para a transferência das informações cadastrais e financeiras”.

As contas vinculadas individuais dos participantes do Fundo PIS-Pasep, mantidas pelo FGTS após a transferência, passam a ser remuneradas pelos mesmos critérios aplicáveis às contas vinculadas do FGTS. As contas poderão ser livremente movimentadas, a qualquer tempo.

A MP também estabelece que os recursos remanescentes nas contas não sacados serão considerados abandonados a partir de 1º de junho de 2025, e passarão a ser propriedade da União.

Saque temporário do FGTS

A MP diz ainda que fica disponível, aos titulares de conta vinculada do FGTS, a partir de 15 de junho de 2020 e até 31 de dezembro de 2020 o saque de recursos até o limite de R$ 1.045 (um salário mínimo) por trabalhador. Segundo a MP, esse saque foi autorizado em razão do enfrentamento do estado de calamidade pública e da emergência de saúde de importância internacional decorrente da pandemia de coronavírus (Covid-19).

Com informações do DC

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Chapecoense: Justiça dos EUA dá parecer favorável a indenização de R$ 4,8 bilhões a vítimas de acidente, diz jornal

O juiz Martin Zilber, da corte estadual da Flórida, nos Estados Unidos, deu parecer favorável ao pedido de indenização feito pelas famílias de 40...

Afastamento de Carlos Moisés é ‘questão de dias’, diz relator da CPI dos Respiradores

FLORIANÓPOLIS – A apreensão do celular e computador do governador catarinense Carlos Moisés (PSL) durante a Operação Pleuman, na manhã desta quarta-feira, 30, em busca de provas...

Associação Empresarial de Orleans comemora 50 anos

Fundada em 1970, a Associação Empresarial de Orleans, ACIO, chega aos 50 anos vivendo um grande momento da sua história. Ao longo do...

ENTREVISTA | Terapeuta e Iridólogo Felipe da Silva, fala de seus atendimentos em Orleans

O Consultório de Terapia Holística no centro comercial Zomer & Berger no centro de Orleans, tem recebido muitos clientes da cidade e de fora...