Governo prorroga IOF zero para crédito e isenção de insumos contra a covid-19 até dezembro

BRASÍLIA – O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta sexta-feira, 2, dois decretos que prorrogam reduções tributárias, na tentativa de diminuir os impactos do coronavírus na economia. As medidas beneficiam pessoas físicas e jurídicas e também facilitam o acesso a insumos essenciais durante a pandemia, como máscaras e aparelhos de terapia respiratória.

Um dos decretos renova, até 31 de dezembro, a isenção de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para todas as operações de crédito. O texto com a prorrogação da medida já saiu em edição extra do Diário Oficial da União nesta sexta.

Segundo material divulgado pelo Planalto, a isenção beneficiará “tanto pessoas físicas, quanto pessoas jurídicas e aquelas optantes pelo Simples Nacional, inclusive no caso de pagamento em atraso e de renegociação de dívidas”.

O imposto foi zerado em abril, por conta do impacto da pandemia, e já havia sido estendido por 90 dias, mas perderia validade nesta sexta. Desde então, a perda de arrecadação do governo com a medida é estimada em R$ 14 bilhões. A prorrogação da alíquota zero por mais três meses deve uma renúncia adicional de R$ 7 bilhões.

O outro decreto assinado por Bolsonaro prorroga, até 31 de dezembro, a redução da alíquota de impostos e contribuições sobre medicamentos e insumos utilizados no combate à covid-19. O texto com a prorrogação ainda precisa sair em edição extra do Diário Oficial da União.

De acordo com o Planalto, continuam reduzidos para esses produtos: o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI); a Contribuição para os Programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/Pasep), e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins).

Ainda de acordo com o governo, a lista de produtos barateados pela medida inclui “as máscaras de uso hospitalar, o álcool de limpeza, os desinfetantes, óculos e viseiras de segurança, escudos faciais, aparelhos de terapia respiratória, entre outros”.

Esta informação é do site do ESTADÃO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Turismo na Bahia cresce 48% entre julho e agosto

Com a retomada das atividades econômicas durante a pandemia da Covid-19, a Bahia registrou aumento de 48,4% no setor turístico entre os meses de...

Festival Gastronômico inicia nesta sexta-feira em Chapecó

Vinte estabelecimentos de Chapecó integram o Festival Gastronômico – Sabores de Chapecó que inicia nesta sexta-feira (23) e segue até o dia 7 de...

LOTÉRICA ORLEANS INFORMA: Mega-Sena acumula e segundo sorteio da Mega da sorte pode pagar r$ 32 milhões hoje quinta (22/10)

O segundo sorteio da Mega-Semana da Sorte poderá pagar R$ 32 milhões hoje quinta-feira (22/10) para quem acertar as seis dezenas do concurso 2.311...