InícioÚltimas do Olhar do SulGoverno propõe redução de quase 11% de impostos para carros novos

Governo propõe redução de quase 11% de impostos para carros novos

O governo federal anunciou, nesta quinta-feira, 25, que fará redução de impostos para diminuir o valor final de carros novos vendidos no país. A diminuição da carga tributária será feita nas alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e do Programa de Integração Social e Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (PIS/Cofins) para a indústria automotiva.

Os detalhes foram anunciados pelo vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB), titular do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDic), em coletiva de imprensa no Palácio do Planalto.

A redução vai de 1,5% a 10,96% e varia conforme preço, eficiência energética e densidade industrial no país, e alcança os veículos que custem até R$ 120 mil. O governo, porém, não definiu qual será o nível de redução das alíquotas e como compensará o benefício. O Ministério da Fazenda vai apresentar em até 15 dias as bases de um decreto e uma medida provisória que será encaminhada ao Congresso Nacional.

Cálculos preliminares divulgados pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) apontam que o preço final ao consumidor pode cair para menos de R$ 60 mil, conforme a política de cada montadora. Hoje, um carro popular por menos de R$ 68 mil novo não se encontra. “O mundo inteiro, hoje, procura fortalecer a sua indústria. Então, se eu tenho uma indústria [em] que 50% do carro é de peças [fabricadas no Brasil] e feito no Brasil e o outro é 90%, isso vai ser levado em consideração”, comentou Alckmin.