Governo federal prorroga auxílio emergencial por mais quatro meses

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta terça-feira (1º) que o auxílio emergencial será prorrogado por mais quatro meses. Cada parcela será de R$ 300. O anúncio ocorreu no Palácio da Alvorada após o presidente se reunir com líderes partidários. O governo federal afirma que enviará uma medida provisória que estabelece o adiamento.

No evento, Bolsonaro voltou a reafirmar que o benefício é muito para quem o paga e pouco para quem o recebe. As transferências do auxílio emergencial ocorrem por lotes, conforme a data de aprovação dos beneficiários. O cadastro para receber o benefício terminou em 2 de julho.

De acordo com o governo federal, foram investidos cerca de R$ 184 bilhões no pagamento do auxílio, que já beneficiou diretamente mais de 67 milhões de pessoas.

Reportagem: Paulo Oliveira

Fonte: Brasil 61

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mulheres são responsáveis por 60% das inscrições do Enem 2020

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) afirma que as mulheres correspondem a 60% das inscrições confirmadas para o Exame...

Mais da metade dos brasileiros não teria R$ 200 para uma emergência

Pesquisa PoderData fez a seguinte pergunta aos entrevistados: “Se você tivesse uma emergência e precisasse de R$ 200? Você teria esse dinheiro disponível?“. Só 40% dos...

Prefeitura do Rio autoriza público nos estádios a partir de outubro; CBF dará ‘voto final’

Apesar de estar testemunhando um aumento na média móvel de contaminados por coronavírus, a Prefeitura do Rio de Janeiro mantém à toda seu cronograma de...

Emissoras de rádio e TV estão proibidas de exibir conteúdos com alusão ou críticas a candidatos

Começou nesta quinta-feira (17) o período para que emissoras de rádio e televisão passem a observar as restrições ao conteúdo que transmitem sobre candidatos,...