Governo Federal lança cartilha com abordagem sobre consequências do trabalho infantil

Uma iniciativa conjunta entre o Ministério da Saúde e o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, por meio da Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, dá origem, este mês, à cartilha ‘Consequências do Trabalho Infantil – Os acidentes registrados nos Sistemas de Informação em Saúde’.

O conteúdo aborda as consequências do trabalho infantil na saúde e trata especialmente dos riscos de acidentes que as crianças e adolescentes estão expostos. O objetivo do conteúdo é repassar informações e mobilizar a sociedade para a importância da erradicação desse problema. No Brasil, o trabalho infantil é considerado crime.

O material é dividido em quatro capítulos e apresenta conceitos e dados relacionados ao trabalho infantil; as principais consequências na saúde; a atenção integral à saúde das crianças e adolescentes em situação de trabalho; e aponta como proteger a criança do trabalho precoce.

A cartilha está sendo lançada no mês em que foi instituído o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Infantil, 12 de junho. Todos os anos, entidades governamentais, não-governamentais e representantes da sociedade civil promovem, durante esta data, reflexões e debates sobre o assunto.

Reportagem: Marquezan Araújo – Brasil 61

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS