Governo federal extingue prisão disciplinar para bombeiros e PMs

Publicado nesta sexta-feira (27), no Diário Oficial da União, um Projeto de Lei Complementar (PLC 148/2015) extingue a pena de prisão disciplinar para as polícias militares (PM) e bombeiros militares dos estados, territórios e do Distrito Federal.

A norma altera uma regra existente desde a ditadura militar (Decreto-Lei nº 667, de 2 de julho de 1969), que determinava que os policiais militares deveriam seguir o regulamento disciplinar do Exército, que traz a prisão disciplinar como forma de punição para casos de transgressão.

Agora, de acordo com o texto, os estados e o Distrito Federal terão 12 meses para implementar a lei.

Com informações da Agencia do Rádio – Repórter Cíntia Moreira

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mundo | Taj Mahal recebe 1ºs visitantes em meio a aumento de casos

A Índia reabriu o Taj Mahal após seis meses nesta segunda-feira, com os primeiros visitantes entrando no famoso monumento enquanto as autoridades relatavam 86.961 novas infecções por coronavírus em todo...

Freiras brasileiras são sequestradas por terroristas em Moçambique

Duas freiras brasileiras foram feitas reféns por 24 dias por extremistas islâmicos em Moçambique, na África. Ambas já foram liberadas, mas em estado de...

Pescaria Brava | Pacientes crônicos serão testados

Após os mais de 1,5 mil idosos acima de 60 anos de Pescaria Brava serem testados para o novo coronavírus, a secretaria de Saúde...

Profissionais do setor de eventos farão manifestação nesta terça-feira em Criciúma

Profissionais do setor de eventos do Sul do Estado farão uma manifestação nesta terça-feira (21), em Criciúma, pedindo que sejam ouvidos pelas autoridades governamentais...