Gêmeos acusados de homicídio qualificado serão levados a júri popular em Criciúma

Irmãos gêmeos acusados de um homicídio duplamente qualificado serão julgados pelo Tribunal do Júri da comarca de Criciúma. A sentença de pronúncia foi prolatada nesta semana, pelo juízo da 1ª Vara Criminal da comarca local. O crime aconteceu em 22 de outubro de 2018, em Nova Veneza, quando a dupla, e uma testemunha, se dirigiram de Criciúma até a casa da vítima, no município vizinho, levados por um motorista de aplicativo. A vítima, um jovem de 20 anos, foi alvejada por seis tiros que atingiram a face, crânio, mão esquerda e ombro direito. Segundo a denúncia, a motivação do crime teria envolvimento por disputas de um ponto de tráfico e dívidas de drogas. Depois do crime teriam novamente solicitado ao motorista que os buscasse.

Os réus respondem ao processo em prisão preventiva desde 20 de novembro de 2018 e tiveram negado o direito a recorrerem em liberdade. Os acusados serão julgados, pelo Conselho de Sentença, por homicídio duplamente qualificado por motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima. Ainda não há data definida para o julgamento. Cabe recurso ao Tribunal de Justiça .

Jornalista Fernanda de Maman

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Réplica da primeira igreja matriz de Orleans, um local que ainda recebe visitantes

A primeira capela da cidade foi construída em 1886 pelo  comendador francês Joaquim Caetano Pinto Júnior. As telhas vieram da França, e possuía 4 janelas...

Polícia Civil prende suspeito de feminicídio e de homicídio de recém-nascido e localiza corpos das vítimas

Na terça-feira (22), a Polícia Civil, por intermédio do Setor de Investigações Criminais de Itapema, cumpriu um mandado de prisão temporária contra um investigado...

Pinguim é encontrado morto no litoral de SP com máscara no estômago

Um pinguim foi encontrado morto no último dia 09 de setembro na praia de Juquehy, em São Sebastião, litoral de São Paulo – e, depois de...

Indenização para idosa que perdeu visão após porta de ônibus fechar sobre seu rosto

Uma idosa do Vale do Itajaí, que perdeu a visão depois que a porta de ônibus do transporte coletivo fechou sobre o seu rosto...