Garoto de 12 anos é assassinado com golpe de faca por causa de R$ 1

assassinato do menino Kaike Júnior Moreira da Silva, de 12 anos, chocou os moradores de Rubim, no Vale do Jequitinhonha, cidade onde o garoto morava. Ele vendia pastéis e foi assassinado com um golpe de faca por uma mulher de 39 anos por causa de R$ 1.

O crime aconteceu na quarta-feira (6/1), depois que o garoto vendeu pasteis para os filhos da mulher acusada de ter golpeado Kaike. Houve uma discussão entre Kaique e a mulher, porque o garoto, ao conferir o valor que lhe fora pago, viu que faltava R$ 1.

Segundo a Polícia Militar, o garoto virou as costas depois da discussão, ao saber que não receberia o valor que julgava ter direito. Foi aí que a mulher partiu para cima dele com uma faca em punho, acertando as costas de Kaike.sO garoto, ferido, chegou a andar mais alguns metros pedindo ajuda e caiu na calçada. Foi socorrido por pessoas que passavam pelo local e levado para o hospital de Rubim. A equipe médica tentou salvar o garoto, mas ele morreu pouco tempo depois de chegar ao hospital.

A mulher, ao saber que estava sendo procurada pela polícia, se trancou dentro de sua casa e só saiu depois de longa negociação com os policiais. Presa em flagrante, ela foi levada para a Delegacia de Polícia Civil de Almenara, cidade próxima a Rubim. Ela alegou que tem problemas mentais.

Reportagem Tim Filho – Especial para o EM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS